Notícias

Paratletas apoiados pela Futel mantêm ritmo de treinamentos

A maioria dos atletas realiza atividades de forma remota, enquanto alguns já fazem treinos presenciais
14 de janeiro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mesmo durante a pandemia da Covid-19, os paratletas das equipes de associações parceiras da Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel) têm conseguido manter a rotina de treinos em suas próprias casas, por meio de atividades físicas e técnicas que são propostas de forma remota. As atividades são repassadas aos paratletas nas redes sociais pelos professores da Futel.

De acordo com Weverton Santos, treinador da equipe Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia (CDDU/Futel) e da seleção brasileira de halterofilismo paralímpico, a medida visa garantir a segurança dos paratletas e oferecer a eles uma carga horária de treinos.

“Durante a pandemia, elaboramos um programa de treinamentos como forma de orientar os paratletas, mesmo que remotamente. Este é um trabalho importante que  a Prefeitura de Uberlândia desenvolve, por meio da Futel”, destacou.

O treinador explicou ainda, que alguns atletas que têm competições internacionais programadas para os próximos meses já estão participando de treinamentos presenciais na academia de halterofilismo e na piscina do UTC, bem como na pista ou no ginásio do CIE.

“Esses treinos acontecem com a presença de um número reduzido de pessoas e com todos os cuidados preventivos necessários, como distanciamento social, uso de máscara de proteção e constante higienização com álcool em gel”, concluiu Weverton Santos.

O ritmo de treinamento intenso segue mesmo após o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) ter enviado comunicado a todos os paratletas brasileiros, informando a suspensão de todas as competições nacionais de atletismo, halterofilismo, natação e tiro esportivo no primeiro semestre de 2021. A decisão foi tomada devido ao crescimento no número de casos de Covid-19 em todo o país nas últimas semanas.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também