Notícias

‘Buriti Cidade’ inicia ações de revitalização do Córrego Lagoinha

Pelo programa do Dmae, batimetria já começou na Lagoa do Parque Santa Luzia
19 de janeiro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) começou, no último dia 15, a medição da profundidade (batimetria) da Lagoa do Parque Santa Luzia, prevista para ser concluída nesta semana. Em seguida, será iniciado o levantamento topográfico de uma extensão aproximada de sete quilômetros do córrego Lagoinha, que abrange da proximidade da BR-365 até a avenida Nicomedes Alves dos Santos. A iniciativa integra as ações do programa “Buriti Cidade”, que prevê a recuperação dos córregos do perímetro urbano.

A diretora de planejamento do Dmae, Angélica Spirandelli, explica que a batimetria vai possibilitar reconhecer os pontos mais rasos da represa, indicando onde há maior concentração de sedimentos e em quais locais deverá ser feito o desassoreamento. “Com isso, temos condições de avaliar o volume de sedimentos para as ações de dragagem, com objetivo de retificar a calha do corpo hídrico”, detalhou.

Já o levantamento topográfico consiste no perfil da extensão do córrego, incluindo todas variações do relevo por onde passa o curso hídrico. Este levantamento vai oferecer um detalhamento maior do projeto de revitalização do córrego.

O programa “Buriti Cidade” lançado recentemente pelo prefeito Odelmo Leão visa recuperar proteger, preservar e monitorar os córregos do perímetro urbano de Uberlândia. Sua execução é resultado de uma parceria entre o Dmae e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também