Notícias

Instalação de botoeiras acessíveis já contempla 80% dos semáforos

Contrato viabilizado pelo prefeito Odelmo Leão também já garantiu a troca de todas as lâmpadas semafóricas por LED
21 de janeiro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Secretaria de Governo e Comunicação / PMU

Seguindo o preceito de proporcionar um dos trânsitos mais acessíveis e seguros do país, a Prefeitura de Uberlândia tornou-se novamente uma referência ao viabilizar a troca das lâmpadas incandescentes de todos os semáforos do município por iluminação de LED. Nesse mesmo contrato viabilizado pelo prefeito Odelmo Leão no ano passado, é contemplada a instalação de botoeiras acessíveis em todos os cruzamentos semaforizados da cidade. Cerca de 80% dos equipamentos já contam com a estrutura para auxiliar as pessoas com deficiência visual.

Até o momento, o contrato feito pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes permitiu a instalação de 972 grupos focais de LED para pedestres em 276 semáforos e 1.224 botoeiras em 261 cruzamentos. Nos locais em que se verifica a necessidade, a empresa vencedora da licitação executa também a revitalização em toda a estrutura do semáforo.

Já a substituição das lâmpadas dos semáforos foi iniciada há aproximadamente um ano, já tendo alcançado os 337 cruzamentos semaforizados. Para isso, foi necessário trocar as lâmpadas incandescentes por mais de quatro mil bolachas em LED nas cores vermelho, amarelo e verde.

“Uberlândia é referência nacional quando falamos em acessibilidade. A implantação das botoeiras é mais uma prova do compromisso que a gestão tem em melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência. Já o LED melhora a visibilidade e garante também uma economia de energia aos cofres públicos”, ressaltou o secretário à frente da pasta, Divonei Gonçalves.

Trânsito seguro

Respeitar a sinalização é o ponto de partida para um trânsito seguro. Mesmo com o investimento, a Settran destaca que a participação da comunidade é fundamental. “A administração municipal está pensando em formas de aprimorar a circulação dos veículos e pedestres, mas precisamos destacar também que é preciso que a população use corretamente todos os dispositivos que garantem a segurança. Isso inclui não fazer nenhuma travessia em local proibido e respeitar a sinalização”, finalizou o secretário.

A manutenção e a expansão da rede semafórica são feitas de forma constante pela Settran, que realiza um monitoramento rotineiro para verificar os locais que tiveram aumento no fluxo e que necessitem da instalação. Somente no ano passado, sete cruzamentos passaram a contar com o dispositivo, como, por exemplo, no encontro das avenidas José Fonseca e Silva e Aspirante Mega, no bairro Dona Zulmira, e no cruzamento da rua México com a avenida Sacramento, no Martins.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também