Notícias

Dmae realiza minicurso de instalação de biodigestores

Iniciativa é uma das ações do projeto Água Vida e atende moradores do entorno da obra do Sistema Capim Branco
27 de janeiro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) vai realizar com os produtores rurais da Tenda do Moreno um minicurso para instalação de biodigestores no próximo sábado (30), a partir das 8 horas na fazenda Pindaíba. Também serão doados 70 dispositivos. A iniciativa integra o projeto Água Vida, contrapartida social da obra do Sistema Capim Branco.

O gerente ambiental do Dmae, Celismar Costa, ressaltou que no minicurso serão feitas orientações sobre a instalação, manutenção e benefícios do uso dos biodigestores nas propriedades rurais. “Na busca por uma melhor qualidade de vida para os moradores da comunidade, avaliamos de grande importância, o fornecimento desses equipamentos, bem como o minicurso. Sabemos que melhorias sanitárias são fundamentais para prevenir doenças”, afirmou.

De acordo com Costa, o biodigestor, assim como a fossa séptica, possibilita à propriedade ter um tratamento adequado dos dejetos gerados nos imóveis rurais. “Ele faz um tratamento biológico e a parte líquida, livre de contaminação, vai para o sumidouro ou vala de infiltração, podendo ser utilizada para irrigação de plantação de banana”, explicou.

As propriedades rurais às margens do Rio Araguari também foram cadastradas no Programa Buriti. O levantamento apontou que diversas não contavam com o sistema de esgotamento sanitário rural adequado. Diante dessa necessidade, o Dmae, por meio de seu projeto social, desenvolveu a iniciativa da doação dos biodigestores e da realização do minicurso.

Água Vida

O projeto Água Vida, contrapartida social do Sistema Capim Branco tem realizado diversas ações de melhoria social e qualidade de vida para a população do entorno da obra. Dentre estas iniciativas estão a reforma da escola da comunidade da Tenda do Moreno, a delimitação das áreas de preservação permanente (APP) e respectiva revitalização com plantio de espécies nativas por meio do Programa Buriti. Outra ação são os cursos profissionalizantes em andamento no Centro Educacional Supere.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também