Notícias

Novos eletricistas se formam por meio do Projeto Água Vida

Iniciativa do Dmae integra a contrapartida social da obra do Sistema Capim Branco
9 de fevereiro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Os primeiros alunos do curso profissionalizante de Eletricidade Residencial, oferecido pelo Projeto Formação Água Vida do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae), concluíram a formação na última semana no Centro Educacional Supere. Com o domínio da teoria e da prática, os profissionais vão ter novas oportunidades no mercado de trabalho e de geração de renda. A iniciativa integra a contrapartida social da obra do Sistema Capim Branco.

Aurisio Pereira Lima conta que a experiência no curso foi muito gratificante e que gostaria de participar de outras aulas no futuro. “Os professores são muito dedicados e espero colocar em prática tudo que aprendi. Além de uma profissão, o curso traz dignidade e oportunidade de crescimento aos trabalhadores”, destacou.

O professor e engenheiro elétrico Enzo Latanza destaca que a turma se mostrou muito aberta aos conhecimentos necessários para sua nova jornada profissional. “Abordamos todo o conteúdo programático, passando por teoria da eletricidade até a execução de projetos elétricos. Quando terminamos, os alunos mostraram domínio, levantando dúvidas de problemas do dia a dia. Hoje, são eletricistas formados prontos para o mercado de trabalho”, ressaltou.

O Formação Água Vida é uma nova oportunidade que proporciona, por meio dos cursos gratuitos, acesso aos direitos básicos àqueles que nem sempre podem se dedicar a uma nova graduação. Para a diretora do centro educacional, Creusa Marlene Batista, a formação técnica é importante na esfera econômica e social. “A maioria dos participantes já era formada ou precisava encontrar novas formas de ganhar dinheiro para sustentar suas famílias e pagar suas despesas”, afirma.

Água Vida

O projeto Água Vida, contrapartida social do Sistema Capim Branco, tem realizado diversas ações de melhoria social e qualidade de vida para a população do entorno da obra. Dentre estas iniciativas, estão os cursos profissionalizantes em andamento no Centro Educacional Supere que abrangem os setores de saúde, administração, alimentação e manutenção. Entre as opções estão soldagem, gestão de controle de perdas, assistente administrativo, cuidador de idosos, etc.

 Também já foi realizada a reforma da escola da comunidade da Tenda do Moreno, a delimitação das áreas de preservação permanente (APP) e respectiva revitalização com plantio de espécies nativas por meio do Programa Buriti nas propriedades do rio Araguari.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também