Notícias

Educação apresenta panorama do retorno às atividades escolares

Do total, 90% das unidades estão em pleno funcionamento e apenas 10% em funcionamento parcial
10 de fevereiro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A Secretaria Municipal de Educação apresentou, na tarde desta quarta-feira (10), os dados dos primeiros dias letivos de 2021. Nesta primeira semana de aula, até o fim da tarde desta terça-feira (9), cerca de 3,1 mil alunos compareceram às aulas presenciais nas escolas municipais e nas unidades mantidas pelas Organizações de Sociedade Civil (OSCs) parceiras. Após a coletiva, a imprensa foi convidada a acompanhar a nova rotina das unidades escolares.

“Vale ressaltar que cabe aos pais dos alunos decidirem se este é o momento de trazerem seus filhos à escola. Da nossa parte, adotamos todas as medidas de segurança estabelecidas pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19 e, em parceria com a Saúde Escolar, realizamos a capacitação dos servidores para que cumpram rigorosamente o protocolo sanitário”, explicou a Secretária Municipal de Educação, Tania Toledo.

Com formato híbrido, o retorno presencial foi autorizado pela pasta a 106 escolas municipais (são no total 121 unidades) e 45 Organizações de Sociedade Civil (OSCs). Para o retorno, as escolas da rede municipal de ensino seguiram um rigoroso protocolo de biossegurança, que inclui testagem de milhares de servidores, sistema híbrido para diminuir o fluxo nas unidades, uso de máscaras, aferição da temperatura, disponibilização de álcool em gel, entre outras diretrizes.

Educação apresenta panorama do retorno às atividades escolares 1

“Estamos monitorando e equipando as escolas municipais desde abril do ano passado para oferecer o máximo de segurança possível aos alunos e servidores. Neste contexto, percebemos que 15 delas, que ainda passam por reformas do programa Escola Bem Arrumada, não estariam aptas a receber os estudantes de forma segura. Por isso, essas unidades só devem iniciar o atendimento presencial no final de fevereiro, mas seguem fazendo atividades remotas normalmente com seus alunos”, afirma Toledo.

Por fim, avaliando os três primeiros dias de retorno às aulas, a Secretária informou os dados do funcionamento das escolas municipais. Das 106 instituições de ensino aptas a receberam os alunos neste momento, 90% estão em pleno funcionamento e apenas 10% em funcionamento parcial. Nenhuma escola encontra-se totalmente paralisada.

Ações Preventivas

Para o retorno, ações importantes foram tomadas durante os dias que antecederam esta segunda-feira, como por exemplo a testagem de mais de 9 mil servidores. Foram em 42 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF), além dos servidores da Secretaria Municipal de Educação, os exames motoristas do transporte escolar e funcionários das OSCs também foram testados.

Além disso, nas últimas semanas, a Prefeitura de Uberlândia também realizou uma série de capacitações sobre normas de biossegurança que devem ser adotadas no dia a dia escolar. O público-alvo foram os servidores das 123 instituições da rede municipal de ensino e 45 OSCs parceiras. O treinamento aconteceu em conjunto entre a SME e a Secretaria Municipal de Saúde.

Modelo Híbrido

O sistema híbrido estabelecido pelo protocolo sanitário prevê que as turmas sejam divididas em dois grupos de revezamento: enquanto em uma semana, metade dos estudantes vão para o ensino presencial, a outra metade segue o conteúdo à distância. Na semana seguinte, os que tiveram aulas presenciais passam para o ensino remoto e vice-versa. Dessa forma, as instituições serão mantidas diariamente com metade da capacidade de atendimento físico, garantindo a adoção de normas de distanciamento.

Segurança

Cada servidor e aluno do sistema de ensino municipal que retornou às aulas no dia de hoje recebeu um kit com duas máscaras de proteção para o rosto. Todas as medidas de prevenção à disseminação da Covid-19 foram adotadas considerando as características específicas de cada uma das escolas, o que inclui a implementação de uma rotina de higienização no mobiliário, especialmente na troca de turnos.

Escolas em reforma:

  • E.M. Afrânio Rodrigues da Cunha
  • Emef Prof Cecy Cardoso Porfírio
  • Emei do bairro Marta helena
  • Emei Maria Beatriz Vilela de Oliveira – anexo
  • Emei Prof Maria Luiza Barbosa de Souza
  • E.M. do Bairro Shopping Park
  • E.M. Domingas Camin
  • E.M. Mário Godoy Castanho
  • E.M. Prof Sérgio de Oliveira Marquez
  • E.M. Professora Olga Del Fávero
  • E.M. Professora Stella Saraiva Peano
  • E.M. Sebastiana Silveira Pinto
  • Emei Irmã Maria Aparecida Monteiro
  • Emei Grande Otelo
  • E.M. Freitas Azevedo.
Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também