Notícias

Aulas práticas de soldagem profissional do ‘Formação Água Vida’ têm início

Ao todo, 60 alunos aprendem diferentes processos da solda entre aulas práticas e teóricas
17 de fevereiro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Tiveram início neste mês as aulas práticas de soldagem profissional dos cursos profissionalizantes do projeto “Formação Água Vida”, sob a responsabilidade do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae). A iniciativa possibilita que os alunos aprendam os três principais processos de solda: eletrodo revestido, MIG/MAG e TIG. Os cursos estão andamento no Centro Educacional Supere e oferecem oportunidades de profissionalização e geração de renda.

Segundo o professor Vinicius Lemes Jorge, o curso contribui tanto para profissionais da área quanto para pessoas com nenhum conhecimento da soldagem profissional.

“O aluno que já trabalha nesta área pode aprimorar ainda mais o seu conhecimento técnico nos três processos de solda. Já para aquele profissional que não tem contato com a soldagem, é aberta uma janela de oportunidades para que ele consiga obter até uma outra fonte de renda”, contou. “Hoje nós temos carência de profissionais para atuação na área de fabricação metal/mecânica, mas é um campo muito vasto, utilizado em vários setores, como construção civil, petroleiro, construção naval e outros.”

O aluno Gustavo Simas afirma que as aulas vão contribuir muito na sua capacitação. “Já trabalho com a solda e o curso está contribuindo com meus aprendizados da profissão, tanto nas aulas práticas quanto teóricas, aprimorando cada vez mais o meu conhecimento técnico”.

‘Água Vida’

O projeto “Formação Água Vida”, contrapartida social do Sistema Capim Branco, tem realizado diversas ações de melhoria social e qualidade de vida para a população do entorno da obra. Dentre estas iniciativas, estão os cursos profissionalizantes em andamento no Centro Educacional Supere, que abrangem os setores de saúde, administração, alimentação e manutenção. Entre as opções estão gestão de controle de perdas, assistente administrativo, cuidador de idosos, etc.

 Também já foi realizada a reforma da escola da comunidade da Tenda do Moreno, a delimitação das áreas de preservação permanente (APP) e respectiva revitalização, com plantio de espécies nativas, por meio do Programa Buriti, nas propriedades do rio Araguari.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também