Notícias

Iniciada a instalação dos pilares metálicos do Terminal Jardins

Oitava estrutura do tipo na cidade, terminal atenderá cerca de 40 mil passageiros
23 de fevereiro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Concluída a fase de fundação do Terminal Jardins, no bairro Canaã, teve início nesta semana a etapa de instalação dos pilares metálicos que darão suporte à cobertura da estrutura. Tomando forma, a oitava estrutura do Sistema Integrado de Transportes (SIT) na cidade, o novo terminal vai beneficiar cerca de 40 mil passageiros diariamente. Este é mais um empreendimento do programa Uberlândia Integrada II.

“Teremos mais este equipamento para a mobilidade urbana de Uberlândia. Será um importante integrador do nosso sistema de transporte público e estamos atuando e fiscalizando para que a estrutura seja concluída em tempo ágil. Ressalto ainda a segurança e conforto que um terminal como esse trará para o usuário”, disse o secretário municipal de Obras, Norberto Nunes.

Paralelamente, a avenida Judeia, onde o equipamento está sendo instalado, recebe o serviço de drenagem pluvial. Serão 1.500 milímetros (um metro e meio) de escoamento das águas das chuvas, o que prepara a via para ser duplicada. A iniciativa gera maior bem-estar e segurança à população da região.

Terminal Jardins

Com ordem de serviço assinada pelo prefeito Odelmo Leão em novembro do ano passado, o Terminal Jardins estará localizado na avenida Judeia, no cruzamento com a avenida Judá. A estrutura, que contará com três plataforma de embarque e desembarque, está sendo erguida em um terreno de 37,4 mil m² e terá área construída de 8,7 mil m². O terminal contará ainda com área de estocagem, área para os motoristas, bilheteria, sala administrativa, área de estacionamento, bicicletário e área de expansão.

Já a drenagem pluvial e a duplicação da avenida Judeia são necessárias para absorver as alterações no tráfego geradas pelo novo terminal. A estrutura da via saltará de 14 metros para 40 metros de largura, com duas faixas de rolamento por sentido e estacionamento. Haverá ainda canteiro central e ciclovia. Concluída, toda a estrutura beneficiará diretamente os bairros Canaã, São Lucas, Jardim Célia, Panorama, Jardim Maanaim, Residencial Pequis, Monte Hebron, São Bento, Lago Azul e Morada Nova.

Os trabalhos são fiscalizados pela administração municipal, por meio da Secretaria Municipal de Obras, e executados pela Dreste Construtora, empresa escolhida por meio do Regime Diferenciado de Contratação (RDC), considerado um sistema licitatório mais ágil.

Uberlândia Integrada II

O programa Uberlândia Integrada II é fruto de um financiamento do Ministério das Cidades, por meio do Pró-Transportes, e retomado recentemente no âmbito do programa Uberlândia Integrada I e II. Esse recurso tem caráter vinculado, ou seja, só pode ser utilizado em obras estruturais de mobilidade. O programa Uberlândia Integrado I foi lançado pelo prefeito Odelmo Leão ainda durante a sua gestão de 2009 a 2012 e viabilizou outras inúmeras obras pela cidade.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também