Notícias

Dmae realiza testes de bombeamento na Capim Branco

Nesta semana também está sendo feita limpeza dos filtros e da adutora de água tratada
4 de março de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
FOTO: COMUNICAÇÃO DMAE

O Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) segue com a pré-operação do Sistema Capim Branco. Para isso, diversos testes têm sido realizados, entre eles o de bombeamento do sistema de retrolavagem e de estanqueidade do adensador da Unidade de Tratamento de Resíduos (UTR). Nesta semana, também está sendo feita a limpeza com água bruta da adutora e dos filtros do sistema de tratamento.

O diretor geral do Dmae, Adicionaldo dos Reis Cardoso, destacou que estes testes são necessários para avaliar o funcionamento de todos os dispositivos nesta fase de pré-operação. “A nossa equipe de técnicos e engenheiros segue acompanhando todos os testes para verificar o funcionamento correto dos equipamentos e fazer os ajustes necessários”, afirmou.

Adicionaldo Cardoso lembrou que na semana passada, o Sistema Capim Branco passou pelo teste de distribuição com a água bruta sendo bombeada da Estação de Tratamento de Água (ETA) até a Caixa de Transição e dela até o Centro de Reservação do Custódio Pereira. “Nesta etapa, avaliamos o funcionamento dos dispositivos, válvulas e registros. Após completar os testes do ciclo de distribuição, seguimos atualmente com a lavagem da adutora e a limpeza dos filtros”, explicou.

 UTR

A Unidade de Tratamento de Resíduos tem a finalidade de reaproveitar os resíduos líquidos. Já o resíduo sólido (lodo) fica retido e se concentra nos tanques adensadores da unidade. Após a secagem, ele é retirado e recebe um destino ambientalmente adequado. A UTR é composta por um sistema com dois decantadores secundários, dois adensadores de lodo, um setor de desidratação e um tanque de regularização. A capacidade de tratamento de resíduos da unidade atende uma vazão de até 2 mil litros por segundo da ETA.  

Sistema Capim Branco

Localizado na comunidade rural da Tenda do Moreno, o sistema Capim Branco ocupa uma área de 129.243,95 m² (ETA e Captação) e é composto por uma estação de tratamento, 20 km de adutoras, reservatório com capacidade de 10 milhões de litros, unidade de tratamento de resíduos, casa de química, elevatória de bombas, caixa de transição, painéis elétricos, subestação e canal de captação de água bruta. O sistema foi planejado para ser ampliado em uma segunda e terceira etapas, com capacidade de triplicar a produção de água (6 mil litros por segundo).

Na primeira fase de operação, o Sistema Capim Branco pode produzir até 2 mil litros de água por segundo. Assim, ele vai reforçar os dois existentes (Sucupira e Bom Jardim), com capacidade conjunta de fornecimento de água para 1,5 milhão de habitantes.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também