Notícias

Taxa de contágio da Covid-19 começa a cair com restrições adotadas em Uberlândia

Ritmo de contaminação caiu de 1,25 para 1,04 desde que medidas mais restritivas entraram em vigor no intuito de conter o avanço do coronavírus
8 de março de 2021

As restrições mais duras adotadas pela Prefeitura de Uberlândia na luta para conter o avanço da Covid-19 na cidade já estão surtindo efeito. Se até 4 de fevereiro deste ano a taxa de contágio da doença estava em quase 1,25 (100 infectados têm potencial para transmitir o coronavírus para outras 125 pessoas), o monitoramento feito até o fechamento da semana até 1º de março aponta que o índice caiu para 1,04 (100 infectados transmitem para outras 104 pessoas), segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG). A taxa de contágio considerada estável pelos especialistas está abaixo de 1, bem como o índice seguro para um retorno mais amplo das atividades fica em 0,5 (quando duas pessoas com a doença têm potencial para infectar somente uma outra).

O ritmo de proliferação do vírus sofreu dois fortes impactos neste último mês: o primeiro com a deliberação número 4, definida no começo do mês pelo Comitê de Enfrentamento à doença, e o segundo com a deliberação número 6, de 22 de fevereiro. A partir desse último documento, foi mantido o toque de recolher diário das 18h às 5h, ampliando as medidas para autorização de abertura de lojas físicas apenas dos serviços essenciais e adoção de lei seca, entre outras.

“Eu sei que todos nós estamos nos sacrificando muito neste momento. Isso está longe do que consideramos o ideal, tenham certeza, e estamos trabalhando, junto à toda equipe da Prefeitura, comitê e demais entes públicos, sempre com base em dados científicos e técnicos, para que possamos retomar nossas rotinas. Infelizmente, com os leitos de UTI lotados em toda a rede em decorrência do novo coronavírus, temos que estar em constante alerta. E cada morador de Uberlândia precisa ser um aliado, evitando sair ao máximo, mantendo distanciamento social, usando máscara quando estiver fora de casa e higienizando as mãos com frequência. A nossa parte, como poder público, está sendo feita”, reforçou o prefeito Odelmo Leão.

Batalha contra um vírus agora muito mais agressivo

Diferente do que ocorreu em 2020, os casos graves de Covid-19 têm demandado internação mais cedo e por um período mais longo, com um número cada vez maior de pessoas abaixo dos 60 anos infectadas. Nesta semana, a cidade recebeu a confirmação de que circula localmente duas novas cepas do vírus, que são mais agressivas que o original- a britânica e a P.1, encontrada em Manaus (AM).

Apesar do cenário preocupante, o percentual de letalidade municipal, de 1,59%, continua mais baixo do que cidades como São Paulo (2,92%), Belo Horizonte (2,41%) e Ribeirão Preto (2,33%). Considerando o período entre o início da pandemia, em fevereiro de 2020, e 1º de março de 2021, Uberlândia contabiliza 60.933 pacientes recuperados da Covid-19, 9.376 casos em acompanhamento e 1.204 óbitos. Parte do alto número de pessoas recuperadas ou em recuperação se deve ao atendimento público municipal amplo, que atualmente absorve a maior parte da demanda da cidade e também da região.

Investimento municipal é constante

Em um ano de batalha pela vida na cidade, a Rede Municipal de Saúde criou 112 leitos de Unidade de Terapia Intensiva exclusiva para o tratamento de pacientes com a doença. No mesmo período, o Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) cadastrou 25 leitos do tipo e a rede privada, 40.

A abertura dos leitos de UTI foi apenas um dos investimentos feitos pela Prefeitura de Uberlândia para garantir atendimento digno e de qualidade para toda a população- mantendo um compromisso assumido de forma independente da pandemia. Toda a Rede Municipal de saúde foi reforçada com equipamentos, profissionais e medicamentos, conforme preconizados pela Organização Mundial de Saúde, Ministério da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Além disso, a Prefeitura participou, desde o início, das discussões em torno da compra de vacinas para proteger os moradores, dispondo-se a direcionar recursos para essa finalidade. No começo do mês, o prefeito Odelmo Leão manifestou oficialmente interesse em aderir ao consócio público para a compra dos imunizantes proposto pela Frente Nacional de Prefeitos.

O Município também implementou um serviço de sanitização para circular diariamente pelas ruas. O atendimento em saúde ganhou apoio da tecnologia, por meio do recurso “Médico Virtual”, disponível pelo “Zap da Prefeitura”.

Para aumentar ainda mais a transparência de suas ações, o Portal da Prefeitura conta com uma página exclusiva com informações sobre o enfrentamento ao novo coronavírus, contendo orientações de prevenção, documentos e decretos, boletim epidemiológico, vacinômetro e todas as medidas adotadas em torno do assunto. Nas redes sociais, as informações também são amplamente divulgadas desde o primeiro dia de combate ao vírus.

Muitas dessas ações foram adotadas antes que recursos estaduais e federais fossem enviados ao Município para ajudar no combate ao vírus e o empenho da administração ganhou o apoio do setor empresarial, que tem buscado formas de apoiar o poder público, com equipamentos, insumos e suporte técnico.

Veja Também

Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Se clicar em "Rejeitar Cookies", os cookies que não forem estritamente necessários serão desativados. Para escolher quais quer autorizar, clique em "Gerenciar cookies". Saiba mais em nossa Declaração de Cookies.

Configurações avançadas de cookies

Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies.

Cookies estritamente necessários

Esses cookies permitem funcionalidades essenciais, tais como segurança, verificação de identidade e gestão de rede. Esses cookies não podem ser desativados em nossos sistemas. Embora sejam necessários, você pode bloquear esses cookies diretamente no seu navegador, mas isso pode comprometer sua experiência e prejudicar o funcionamento do site.

Cookies de terceiros

O portal uberlandia.mg.gov.br não tem controle sobre quais cookies de terceiros serão ativados. Alguns cookies de terceiros que podem ser encontrados ao acessar o portal:
Domínios: Google, Youtube, consulte mais em