Notícias

Idosos acamados recebem vacina contra Covid-19 nesta sexta (12)

Previsão é imunizar 230 pacientes residentes em seis bairros
12 de março de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais um grupo de idosos acamados começou a ser imunizado nesta sexta-feira (12), contra a Covid-19. A ação, elaborada pela Prefeitura e realizada com seis equipes da Secretaria Municipal de Saúde, começou às 8h atendendo os bairros Tubalina, Santa Mônica, Segismundo Pereira, Cazeca, Cidade Jardim e Jaraguá.

A expectativa é vacinar em domicílio 230 idosos restritos ao leito, ou seja, impossibilitados de andar ou com mobilidade restrita e dependente. A ação é essencial para a proteção desses pacientes considerados um dos grupos mais vulneráveis e com mais alto risco de óbito em caso de contaminação pelo vírus.

Sobrinha e cuidadora da acamada Teresinha Félix, de 86 anos, a cabelereira Maria Cleide Félix Ribeiro foi a primeira a receber a visita de uma das equipes. “É boa essa ação, já que minha tia é grupo de risco e não conseguimos levar ela para os lugares. Só tenho que parabenizar a Prefeitura, seus administradores e todos que estão na linha de frente contra esse vírus”, disse.

Idosos acamados recebem vacina contra Covid-19 nesta sexta (12) 1
Fotos: Danilo Henriques – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU

O resultado entre gratidão e esperança, simbolizado pela vacina, também chegou à residência da acamada Iolanda Martins, de 81 anos, que recebeu o imunizante pela manhã. “É de grande importância estarem vindo em nossas casas para nos livrarem dessa doença terrível. Fico satisfeita e agradeço a todos”, comemorou.

Quem também recebeu a visita da equipe de profissionais de saúde foi Maria Conceição Santos, de 80 anos. “Tem muitos anos que estou de cama e não fico sem o respirador, então estou achando muito bom por ser o meio de evitar essa doença”, destacou. 

Idosos acamados recebem vacina contra Covid-19 nesta sexta (12) 2
Fotos: Danilo Henriques – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU

Além das equipes de vacinadores, o trabalho envolve vários profissionais, como motoristas e escolta policial. O cronograma de hoje prevê a imunização de pacientes cadastrados previamente e que residem nos bairros Tubalina, Santa Mônica, Segismundo Pereira, Cazeca, Cidade Jardim e Jaraguá. Na última sexta (5), foram imunizados cerca de 240 acamados dos bairros Centro, Nossa Senhora Aparecida, Martins, Osvaldo Rezende, Tabajaras, Lídice e General Osório.

Cadastro e agendamento

A vacinação ocorre de forma gradativa de acordo com os grupos prioritários, ordem do cadastro e a quantidade de doses liberadas para a cidade. O acesso é feito no Portal da Prefeitura, nas abas “Enfrentamento ao Coronavírus” e depois “Cadastro Vacinação”.

O aviso com o horário do agendamento é enviado por mensagens de texto no celular (SMS) cadastrado no Portal da Prefeitura. Para evitar filas desnecessárias, recomenda-se respeitar rigorosamente o horário agendado. Nos casos em que as pessoas não tiverem condições de comparecer, elas devem entrar em contato com a Ouvidoria da Saúde, que marcará outra data para que a vacinação seja realizada. O número da Ouvidoria da Saúde é 0800-940-1480.

A Prefeitura de Uberlândia alerta ainda que a consulta do agendamento pode ser feita antes mesmo do recebimento do SMS, no Portal da Prefeitura, e reforça a importância dos idosos comparecerem ao ponto de vacinação agendado com cartão de vacina e documento pessoal com foto.

Vacinômetro

Em mais uma medida de transparência nas ações nesta batalha contra o novo coronavírus, a Prefeitura de Uberlândia, através da Secretaria Municipal de Saúde e da Empresa de Processamento de Dados de Uberlândia (Prodaub), disponibilizou o “Vacinômetro”.

Por meio dela, qualquer cidadão pode acompanhar a quantidade de doses que o município recebeu e aplicou, a porcentagem de vacinação, fabricante, entre outros. O ′Vacinômetro′ é atualizado diariamente e está disponível no portal da Prefeitura de Uberlândia, assim como o boletim municipal, que indica o número de casos, taxa de ocupação de leitos e óbitos na cidade.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também