Notícias

Paratletas da equipe Aparu/Futel buscam vagas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio

Rodrigo Parreira, Mauro Evaristo e Rafaela de Paula foram convocados para a fase de treinamento seletiva de atletismo, em junho
14 de maio de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Três representantes do atletismo da Associação dos Paraplégicos de Uberlândia (Aparu), entidade parceira da Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel), têm boas chances de convocação para os Jogos Paralímpicos de Tóquio, competição prevista para ser realizada entre 24 de agosto a 5 de setembro.

Rodrigo Parreira (salto em distância), Mauro Evaristo (arremesso de peso) e Rafaela de Paula (lançamento de disco), inclusive, foram convocados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) para a fase de treinamento seletiva, que ocorrerá de 5 a 19 de junho, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. Essa será a última oportunidade para que paratletas de todo o país alcancem os índices necessários para participar dos Jogos Paralímpicos de Tóquio.

Paratletas da equipe Aparu/Futel buscam vagas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 1

De acordo com o profissional de educação física da Futel, Leandro Garcia, treinador de Rodrigo e Rafaela, a expectativa é positiva. “Os três têm chances reais de classificação e temos trabalhado intensamente para que obtenham um bom desempenho na fase de treinamento seletiva e, assim, garantam suas vagas nos Jogos Paralímpicos. Caso consigam, será a primeira vez que Uberlândia terá três representantes do atletismo em uma Paralímpiada”, ressaltou.

Rogério Borges, treinador de Mauro, concorda. “Temos treinado bastante, unindo técnica e preparação física para alcançar um desempenho capaz de levar os nossos paratletas para Tóquio”, completou.

Treinamentos

Mesmo durante a pandemia, a Futel tem mantido os treinamentos de paratletas de alto rendimento de associações parceiras que tenham competições internacionais previstas para 2021. Os treinos do atletismo são realizados no SESI Gravatás, com a participação de apenas um paratleta por horário e todos os cuidados de prevenção à Covid-19 necessários, como distanciamento social, uso de máscara de proteção e constante higienização com álcool em gel.

Paratletas da equipe Aparu/Futel buscam vagas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2
Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também