Notícias

Prefeitura realizou mais de 170 mil procedimentos na pandemia a população de rua

Ações foram reforçadas junto às pessoas em situação de rua devido à vulnerabilidade diante da Covid-19
14 de maio de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Cleiton Borges – Secretaria de Governo e Comunicação / PMU

Um dos serviços da Prefeitura de Uberlândia que foi rapidamente readequado devido à pandemia de Covid-19 foi o atendimento à população em situação de rua, desenvolvido pela equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação (Sedesth). Entre março de 2020 e abril de 2021, ou seja, desde o início da pandemia do novo coronavírus, foram realizados 170.391 procedimentos junto à esta população, sendo acompanhadas uma média de 106 pessoas diariamente. 

Os serviços foram intensificados tanto na busca ativa diária de pessoas em situação de rua, realizando os encaminhamentos necessários para as pessoas com sintomas de COVID-19, quanto no acompanhamento das instituições de acolhimento destas pessoas. 

O monitoramento e avaliação destas instituições é realizado diariamente visando a prevenção de contágio dos funcionários e dos usuários em acolhimento, sendo repassadas orientações sobre o uso adequado dos equipamentos de proteção, normas de segurança e prevenção à Covid-19, reforçando a importância de manter o distanciamento e o isolamento social. 

A Sedesth destinou repasses de recursos financeiros complementares à subvenção para aquisição de materiais e implementação de ações necessárias durante o período pandêmico para os abrigos Ceami 1 e 2, Icasu e Ramatis. Estes recursos complementares foram para aquisição de materiais e implementação de ações necessárias durante o período pandêmico. Para estes espaços, a Sedesth ainda doa itens como leite, bolachas, óleo de soja, bebida láctea, embutidos (mortadela) e kits de higiene pessoal. 

Para evitar a disseminação do coronavírus, todos que apresentam sintomas e ou suspeita de contaminação são encaminhados para isolamento, sendo solicitada a testagem de Covid-19, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde. Para este encaminhamento foi criado no Ceami das Chácaras Panorama um espaço de quarentena para a permanência das pessoas encaminhadas.  Todos os dias é elaborado um informativo referente às pessoas em situação de rua nas que se encontram em vias públicas e instituições de acolhimento com sintomas de Covid-19. Nestes casos, é realizado o encaminhamento das mesmas para a rede pública de saúde. Também são feitas orientações e inclusões de usuários no Cadastro Único e em programas e benefícios socioassistenciais e emergenciais públicos. 

As medidas foram implantadas com base nas orientações do Núcleo Estratégico do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19, do Ministério da Cidadania e da Política Nacional para a População em Situação de Rua, além de outros instrumentos legais. 

Unidade Pública Governamental de referência para o atendimento: 

Centro de Referência Especializado para População de Rua e Migrante

Praça da Bíblia, s/n., bairro Martins, Uberlândia (MG) Contatos: (34) 3216-7161 / 3235-47720800-940-1229 – e-mail:

centropop@uberlandia.mg.gov.br

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também