Notícias

Modernização da iluminação pública chega a Tapuirama e Miraporanga

Substituição das antigas lâmpadas para a tecnologia led já atinge quase 52% de Uberlândia e gerou 29% de economia no consumo do município
20 de maio de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A partir desta quinta-feira (19), ruas e avenidas dos distritos de Tapuirama e Miraporanga também receberão a modernização da iluminação proporcionada por meio da Parceria Público-Privada (PPP). Serão instaladas 376 luminárias em 28 vias. O distrito de Cruzeiro dos Peixotos também já recebeu a melhoria no ano passado.

“Na gestão de alta performance da Prefeitura de Uberlândia, a meta é elevar a qualidade da estrutura propondo alternativas sustentáveis e eficientes que proporcionem qualidade de vida para os usuários e minimizem os impactos ambientais. Desde a assinatura do contrato da Parceria Público-Privado (PPP) da Prefeitura de Uberlândia com ENGIE Soluções Cidades Inteligentes e Infraestrutura de Uberlândia S.A., no fim de janeiro de 2020, já foram modernizados com a tecnologia Led, cerca de 46.912 pontos de iluminação, o que significa 51,65% do total de 90.811 pontos cadastrados, gerando 29% de economia no consumo do município até o momento.

É prioridade de nossa gestão acompanhar a evolução tecnológica, social e econômica e a iluminação pública do município é um retrato desse movimento. A PPP busca levar qualidade de vida ao povo de Uberlândia através da economia no consumo, segurança e inteligência tecnológica. A população merece uma cidade que se destaque com orgulho de todas as outras do país, e é isso que está acontecendo” ressaltou João Júnior, secretário municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, pasta à frente da gestão do contrato da PPP.

Mais luz e menos impacto ao meio ambiente

A troca de toda iluminação pública (de mercúrio e/ou sódio) para a tecnologia Led (Light Emitting Diode ou Diodo Emissor de Luz) reduzirá o consumo de energia elétrica do sistema de Iluminação Pública do município em no mínimo 49% e Uberlândia deixará de emitir por ano, cerca de duas mil toneladas de gás carbônico para a atmosfera. Além de mais econômica e durável, a tecnologia não provoca desconforto térmico (aquecimento) e perdas de energia em forma de calor, tão prejudicial ao meio ambiente.

Modernização da iluminação pública chega a Tapuirama e Miraporanga 1
 Fotos: Danilo Henriques – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU

O novo parque de iluminação da cidade – que possui previsão de conclusão até 2022 – possui também maior eficiência luminosa comparado às antigas lâmpadas, e trará a rede de iluminação para os parâmetros normativos vigentes, ou seja, a cidade ficará com 100% das ruas, avenidas, travessas, praças e locais públicos com a luminância mínima necessária defendida pela norma brasileira.

Concessão administrativa

Entre os compromissos assumidos pela concessionária ENGIE Soluções, subsidiária no país da multinacional francesa ENGIE, estão a troca da iluminação pública pelo sistema mais moderno existente (com substituição de aproximadamente 90 mil lâmpadas) e economia de no mínimo 49,39% no consumo de energia pública.

Também estão entre as obrigações da contratada o controle remoto da iluminação em pelo menos 23% da cidade (telegestão), iluminação de destaque em 12 espaços históricos em até três anos, ampliação do número de postes, expansão anual de 550 pontos de luz e melhoria da iluminação em locais de acessibilidade (como as rampas das calçadas), entre outras ações que colocarão a cidade dentro dos padrões da norma vigente para o setor, a ABNT NBR 5101.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também