Notícias

Prefeitura de Uberlândia reforça realização do Teste do Pezinho

Profissionais são capacitados e o serviço é realizado em todas as unidades de saúde
4 de junho de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Neste domingo (6), celebra-se o Dia Nacional do Teste do Pezinho. Realizado do terceiro ao quinto dia de vida do bebê, o exame contribui para monitorar a saúde dos recém-nascidos, pois permite identificar doenças que atrapalham o desenvolvimento infantil e que podem demorar muito tempo para apresentar sintomas. Para facilitar o acesso da população, a Prefeitura de Uberlândia oferece o serviço de forma descentralizada: que antigamente acontecia somente em algumas Unidades de Atendimento Integrado (UAIs), passando a ser feito em todas as unidades de saúde do Município, incluindo Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs).

Quando a mãe e o bebê recebem alta da maternidade do Hospital Municipal e UFU, já saem agendados em sua unidade de saúde para a coleta do Teste do Pezinho e avaliação também para a avaliação do quinto dia. ” É uma avaliação atenciosa e humanizada tanto da mãe quanto do bebê, para saber se está tudo bem nos primeiros dias após o parto”, explicou a coordenadora da Atenção Primária, Karina Kelly de Oliveira.

Levar o Teste do Pezinho mais perto da comunidade foi uma estratégia adotada pela Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria de Saúde, após um trabalho intensivo, desde o início de 2017, de capacitação de todos os profissionais da atenção primária (UBSF e UBS). A descentralização do serviço, que antes acontecia apenas nos ambulatórios das UAIs, é uma forma de garantir cada vez mais o acesso da população.

Um trabalho que faz diferença por permitir o diagnóstico precoce de enfermidades (metabólicas, genéticas e/ou congênitas), conforme explicou a referência técnica em Saúde da Criança e do Adolescente, Naira Borges. “Nossa preocupação é revelar esse diagnóstico o quanto antes para iniciar o tratamento precoce e evitar que a saúde da criança seja comprometida. A triagem neonatal é oferecida totalmente gratuita à população e fazemos a busca ativa de cada criança”, finalizou.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também