Notícias

Prefeitura inicia a pavimentação da rua Nordeste, no Distrito Industrial

Melhoria faz parte de um conjunto de ações realizadas no setor norte da cidade
8 de junho de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Fotos: Danilo Henriques – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU

Concluídos os trabalhos iniciais, a Prefeitura de Uberlândia iniciou, nesta terça-feira (8), a pavimentação da rua Nordeste, no Distrito Industrial. A ação é mais uma de um conjunto de intervenções, como outros dois retornos na avenida Antônio Thomaz Ferreira de Rezende, no mesmo bairro e em fase de conclusão, e acontecem dentro do pacote de obras do programa Uberlândia Integrada II.

Desta forma, na rua Nordeste, a pavimentação ocorrerá entre a avenida José Andraus Gassani e o Anel Viário Norte, em um trecho de 650 metros. Em relação aos retornos, boa parte da intervenção na avenida Antônio Thomaz Ferreira de Rezende, próximo à esquina da rua Laide Virginia Costa, já foi concluída, restando apenas a construção do meio-fio e abertura do canteiro central. Já os trabalhos no retorno na esquina com a rua Will Cargill encontram-se na fase de terraplanagem.

Prefeitura inicia a pavimentação da rua Nordeste, no Distrito Industrial 1
Fotos: Danilo Henriques – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU

 “Estamos melhorando o acesso nessa região, criando mais opções de travessias e aprimorando a mobilidade urbana neste local que conta com grande fluxo de veículos. Essas intervenções são muito importantes para o crescimento de Uberlândia”, disse o Secretário Municipal de Obras, Norberto Nunes.

Uberlândia Integrada

Lançado inicialmente em 2011, o programa Uberlândia Integrada já contemplou diversas melhorias em infraestrutura e mobilidade urbana em sua etapa I, como o Corredor Estrutural Leste, Terminal Novo Mundo, Terminal Dona Zulmira e Terminal Jardins (obra em execução). Na segunda etapa, são mais de R$ 140 milhões em investimentos em mobilidade em todas as regiões. O programa contempla dezenas de intervenções viárias pela cidade, como a construção de viadutos, pontes, trevos, trincheiras, travessias e a execução de 263 km (mais de 168 ruas e avenidas) de recapeamento de vias de todas as regiões.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também