Notícias

Trecho da obra de drenagem pluvial da Avenida Getúlio Vargas recebe pavimentação

Intervenção garantirá melhor escoamento da água e evitará transtornos em períodos chuvosos
14 de junho de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria Municipal de Obras, iniciou a pavimentação em locais que já receberam o serviço de drenagem pluvial na avenida Getúlio Vargas. Nesta segunda-feira (14), os trechos entre a avenida Amburana até avenida dos Buritis receberam capa asfáltica. A terceira etapa da obra segue nos próximos dias entre as avenidas dos Buritis e Sândalo.

A obra

A obra envolvendo a drenagem da Getúlio Vargas teve início em outubro de 2020 e a conclusão está prevista para ocorrer no segundo semestre deste ano. A primeira etapa foi realizada no bairro Jardim das Palmeiras, acima da trincheira Ivo Alves, onde foi instalada uma nova tubulação de 1.200 mm de diâmetro.

A segunda etapa contemplou trabalhos na avenida Jacarandá, entre o rio Uberabinha e o trevo do Belvedere, que recebeu a nova tubulação de 1.500 mm, caixas de passagem e dissipador. A terceira e atual etapa consiste na instalação da nova tubulação de drenagem na avenida Getúlio Vargas, entre o trevo Belvedere, localizado no bairro Jaraguá, e a Trincheira Ivo Alves. Ao todo, serão colocadas tubulações de 1.200 mm e 1.500 mm, que serão somadas a 800 mm de tubulação já existente.

A obra é supervisionada pela Secretaria Municipal de Obras e executada pela Dreste Construtora LTDA, empresa escolhida por meio do Regime Diferenciado de Contratação (RDC), considerado um sistema licitatório mais ágil.

Trecho da obra de drenagem pluvial da Avenida Getúlio Vargas recebe pavimentação 1
Foto: Danilo Henriques – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU

Uberlândia Integrada

Lançado inicialmente em 2011 pelo prefeito Odelmo Leão, o programa Uberlândia Integrada já contemplou diversas melhorias em infraestrutura e mobilidade urbana em sua etapa I, como o Corredor Estrutural Leste, Terminal Novo Mundo, Terminal Dona Zulmira e Terminal Jardins (obra em execução). Na segunda etapa, são mais de R$ 140 milhões em investimentos em mobilidade em todas as regiões. O programa contempla dezenas de intervenções viárias pela cidade, como a construção de viadutos, pontes, trevos, trincheiras, travessias e a execução de 263 km (mais de 168 ruas e avenidas) de recapeamento de vias de todas as regiões.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também