Notícias

Escolas Municipais ganham laboratório de ciências do Dmae

Iniciativa integra contrapartida social da obra do Sistema Capim Branco
24 de junho de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Fotos: Divulgação/Dmae

Trinta e quatro laboratórios de ciências estão sendo entregues às escolas municipais de ensino fundamental na área urbana e rural de Uberlândia pelo Centro Municipal de Estudos e Projetos Educacionais Julieta Diniz (Cemepe). Esses materiais foram doados ao Cemepe pelo Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae), através da contrapartida social das obras do Sistema Capim Branco.

Dentre os equipamentos doados estão microscópio, planetário, modelo de esqueleto humano, moldes dos sistemas circulatório, reprodutivo e urinário, DNA, estrutura celular, tabela periódica, entre outros. De acordo com a supervisora de projetos em educação do Dmae, Priscilla Petrocelli, a escolha dos materiais teve por objetivo aproximar a teoria da prática. “Os novos equipamentos que compõem o laboratório das escolas vão oferecer uma visão tridimensional dos estudos da ciência para os alunos do sexto ao nono ano”.

Escolas Municipais ganham laboratório de ciências do Dmae 1

A primeira escola a receber foi a Hilda Leão Carneiro, localizada no bairro Morumbi. Nesta semana a entrega está sendo feita nas escolas municipais Afrânio Rodrigues da Cunha, do Bairro Shopping Park, Gladsen Guerra, Josiany França, Odilon Custódio Pereira, Joel Cupertino Rodrigues. A previsão é que a entrega seja concluída em duas semanas nas 21 escolas da área urbana e 13 da zona rural. 

A iniciativa foi muito bem recebida pela diretora Mayara de Souza Ferreira da Escola Municipal Hilda Leão Carneiro. “Com estes novos materiais, o ensino vai além dos livros. Isso vai fazer uma diferença significativa no aprendizado dos alunos. Com o microscópio, por exemplo, eles vão poder ver detalhes de uma célula de borboleta. Os professores de educação física também vão poder usar o esqueleto para ensinar sobre o corpo humano para os alunos dos anos iniciais”, explicou.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também