Notícias

Ciclovia da avenida Rondon Pacheco recebe concretagem

Serviço beneficiará quem utiliza o espaço para locomoção e prática esportiva
12 de agosto de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Araípedes Luz – Secretaria de Governo e Comunicação / PMU

A Prefeitura de Uberlândia iniciou nesta quinta-feira (12) a concretagem da ciclovia da avenida Rondon Pacheco, em trecho localizado no bairro Copacabana. O espaço está passando por uma reforma e o serviço contemplará a substituição de 280 placas danificadas, a recuperação de cerca de 1.120 metros quadrados de pavimento e de partes de jardinagem que margeiam a pista. Esta é mais uma intervenção da administração municipal que garantirá ainda mais segurança, opções para mobilidade urbana e realização de atividades esportivas pela população.

Para a melhoria, a Prefeitura está investindo R$ 82 mil de recursos próprios e o serviço é executado pela Espaço Construtora e Incorporadora Eireli, contratada por meio de licitação. Os trabalhos são fiscalizados pelas secretarias municipais de Obras e de Trânsito e Transportes. “A concretagem será feita por trechos e cada fase requer uma interdição da ciclovia no período máximo de 30 horas”, explicou o engenheiro civil, Leandro Araújo, da Espaço Construtora.

Para a realização da obra, fiscais da Secretaria de Trânsito e Transportes (Settran) fizeram uma vistoria da ciclovia, com apuração das partes que apresentavam necessidade de recuperação. “Recebemos uma determinação do prefeito Odelmo Leão de realizar investimentos nas ciclovias da cidade. Nossa equipe está empenhada em oferecer espaços seguros e confortáveis para aqueles que se utilizam desta forma de transporte ou para prática de exercícios”, disse o secretário de Trânsito e Transportes, Divonei Gonçalves.

A ciclovia da Rondon Pacheco foi entregue à população em setembro de 2012, durante o segundo mandato do prefeito Odelmo Leão, e a implantação do espaço integrou a requalificação da avenida Rondon Pacheco. A obra teve início em junho de 2011 e na época foram investidos cerca de R$ 75 milhões em serviços de drenagem pluvial, pavimentação, urbanização, sinalização e iluminação ao longo de sete quilômetros. Foram implantadas cinco pistas em cada sentido de circulação, sendo quatro de rolagem e uma para estacionamento, além de substituição de retornos à esquerda por alças à direita. Pedestres e ciclistas também foram beneficiados com faixas, calçadão e ciclovia. Mais de 1.800 metros de redes foram instalados para reforçar a captação de água.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também