Notícias

Estudo trabalha técnicas de adubação e poda na fruticultura

Experimento é desenvolvido pela Ferub em parceria com o IFTM
12 de agosto de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A Prefeitura de Uberlândia continua investindo no aprimoramento das técnicas de fruticultura por meio da Fundação de Excelência Rural de Uberlândia (Ferub). Nesta quinta-feira (12), professores de alunos do curso de agronomia do Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM) estiveram no local trabalhando técnicas de adubação e poda em goiabeiras e pessegueiros.

Professora de fruticultura do IFTM, Vanessa Cristina Caron trabalhou três tipos de adubação (orgânica, organomineral e mineral), além de demonstrar as melhores técnicas de poda, para que planta continua evoluindo de maneira saudável. “A partir desta poda, seguiremos um acompanhamento durante cinco meses dando continuidade à adubação, classificando e observando a evolução das plantas. A intensão é colher o melhor resultado, para que, a partir deles, passemos a saber qual a maneira mais indicada de cultivo”, disse ela.

Estudo trabalha técnicas de adubação e poda na fruticultura 1
Foto: Cleiton Borges – Secretaria de Governo e Comunicação / PMU

A fruticultura é um dos pilares do Programa de Desenvolvimento de Novos Negócios Rurais (Novo Agro), trabalhado pela prefeitura de Uberlândia desde 2017. De acordo com o diretor de Agropecuária da Secretaria Municipal de Agronegócio, Economia e Inovação, Romes Fernandes, essas parcerias e estudos são fundamentais para o desenvolvimento dos produtores rurais da nossa região. “É a partir dos resultados colhidos nesses experimentos que podemos orientar os nossos produtores sobre as melhores técnicas, fazendo com que tenhamos produções mais qualificadas e sustentáveis”, finalizou.

Novo Agro

O Novo Agro foi criado pela Prefeitura de Uberlândia em 2017, por meio das Secretarias Municipais de Agropecuária, Abastecimento e Distritos e de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo e já contabilizou mais de duas mil pessoas beneficiadas por suas ações desde então em seis pilares: agroindústria, avicultura caipira, agroecologia, aquicultura, turismo rural e gastronomia.

Além de acompanhamento técnico e capacitações, a iniciativa conta com a realização de eventos, feiras, doação de mudas e oportunidades de mercado, além de adequações na legislação municipal para facilitar a profissionalização dos pequenos produtores. Com a iniciativa, em 2018, o programa Novo Agro rendeu ao prefeito Odelmo Leão o Prêmio Sebrae de Prefeito Empreendedor.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também