Notícias

Beth Shimaru expõe “Memórias Arquivadas” na Casa da Cultura

Mostra entra em cartaz nesta quarta (18), com visitações agendadas
18 de agosto de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Divulgação

O registro de afetos através de arquivos pessoais é o fio condutor utilizado pela artista plástica Beth Shimaru na mostra “Memórias Arquivadas”, que chega, nesta quarta-feira (18), à galeria Geraldo Queiroz, da Casa da Cultura. A exposição é mais uma das oportunidades oferecidas pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo para divulgar a produção local e difundir arte gratuitamente para a população.

Memórias de família, da cultura oriental, das casas que habitou, juntamente a elementos do cotidiano, são elementos materializados pela linguagem poética de Beth Shimaru.

As obras trazem desenhos, pinturas e objetos confeccionados com elementos ressignificados, tais como cacos e outros objetos normalmente descartados. O hábito de guardar os itens começou na infância. O talento se evidencia nas reconexões mentais oferecidas com os fragmentos que rementem ao original, mas propondo convites aos visitantes pela experiência de ressignificar.

Memórias Arquivadas é a primeira exposição individual de Shimaru. Para a artista, uma realização bastante significativa pelo valor estético e cultural do espaço expositivo e contexto de reabertura das exposições presenciais, seguindo os protocolos de biossegurança.

As visitações podem ser feitas de 18 de agosto a 30 de setembro, mediante agendamento das 12 às 17h, pelo telefone: 3255-8252

Sobre a artista

Elizabeth Finholdt Shimaru é graduada em Artes Visuais pela Universidade Federal de Uberlândia. Nascida em Uberaba, Minas Gerais, Shimaru teve contato com a arte desde a infância assistindo aulas com o artista e professor Hélio Siqueira.

Em 2015 inicia estudos no “Studio Casa de Ideias” em Uberlândia com o artista e designer Alexandre França, espaço onde atualmente participa de um grupo de ateliê com outras artistas e ministra aulas de artes. A artista desenvolve trabalhos nas técnicas de desenho e pinturas em especial aquarela e vem explorando a incorporação de objetos em suas composições. Participou de várias exposições coletivas pela “Casa de Ideias” e pelo NUPPE – Núcleo de Pintura e Ensino da UFU durante a graduação em Artes Visuais.

Prestigie!

O quê: exposição “Memórias Arquivadas”

Quando: 18 de agosto a 30 de setembro – agendamento das 12 às 17h (3255-8252)

            Onde: Sala Geraldo Queiroz – Casa da Cultura Praça Coronel Carneiro, 89 – Bairro     Fundinho

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também