Notícias

Consultório na Rua atende em média 15 pessoas por dia nos primeiros dez dias

Secretaria Municipal de Saúde estabeleceu pontos fixos para criar vínculo com pacientes em situação de rua
19 de agosto de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Danilo Henriques – Secretaria de Governo e Comunicação / PMU

Com o objetivo de proporcionar uma saúde de qualidade para toda a população, a Prefeitura de Uberlândia tem trabalhado para integrar os atendimentos do Consultório na Rua na rotina dos moradores em situação de rua. Para isso, o início da retomada dos atendimentos foi marcado pelo reconhecimento das necessidades dessa população, a identificação dos locais onde ficam com mais frequência, além de promover a confiança dessas pessoas com a nova equipe de profissionais.

Para que o vínculo seja estabelecido de forma mais efetiva, o Consultório na Rua vai estar em locais fixos da cidade. Com isso, a intenção é fazer com que os pacientes tenham conhecimento de onde poderão buscar ajuda, quando julgarem necessário. Através dessa estratégia, a equipe multiprofissional já tem conseguido realizar uma média de 15 atendimentos por dia, tanto médico, quanto psicológico, de saúde bucal e assistencialismo.

“Os nossos serviços estão interligados com a rede de saúde, então no caso de algum paciente necessitar de alguma ação de urgência e emergência, o Consultório na Rua está integrado em todas as UAIs do município. Se ele precisar de uma coleta de sangue, ou outros exames, existem as unidades de referência, em cada setor da cidade, para que a gente possa atender a todas as necessidades do Consultório na Rua”, afirmou a coordenadora da Atenção Primária de Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, Karina Kelly de Oliveira.

Os pontos fixos escolhidos pela equipe são a Praça da Bíblia e Nicolau Feres, no bairro Martins, a praça Tubal Vilela e Sérgio Pacheco, no Centro, a praça Nossa Senhora Aparecida, no bairro Aparecida e a praça São Francisco, no bairro Tubalina. Além desses locais, o Consultório na Rua percorre pontos estratégicos dos bairros Umuarama, Minas Gerais, Jardim Célia, Panorama e alguns pontos na extensão da av. Rondon Pacheco.

Consultório na Rua atende em média 15 pessoas por dia nos primeiros dez dias 1
Foto: Danilo Henriques – Secretaria de Governo e Comunicação / PMU

O Consultório na Rua

O projeto itinerante acontece sob a gestão da organização social Missão Sal da Terra, conforme diretrizes da Secretaria Municipal de Saúde.  O novo modelo conta com uma equipe multiprofissional, oferecendo atendimento médico, de enfermagem, psicológico, de assistência social, e, ainda, com o apoio de um técnico em saúde bucal.

Foi elaborado um questionário a ser preenchido pelos profissionais de saúde, de maneira a fazer um diagnóstico e mapeamento de quantos são e quais as condições de saúde e necessidades mais prioritárias. Dessa forma, a equipe define estratégias de intervenção assistencial e elaboração de um plano de cuidado a cada um dos pacientes atendidos.

Reformulação

O processo de reestruturação do projeto Consultório na Rua aconteceu devido à realocação dos profissionais que foram remanejados pela alta demanda gerada pela pandemia do coronavírus. Durante esse tempo, a população vulnerável permaneceu assistida e monitorada pelas equipes das unidades de saúde.

O projeto Consultório na Rua vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 13h às 19h. Por ser itinerante, as equipes estarão em um veículo totalmente equipado em pontos específicos oferecendo diversos serviços. Em casos em que os profissionais identificarem um cuidado que fuja do padrão, o cidadão será direcionado para as unidades de saúde de apoio, que serão referenciadas de acordo com a região onde estiver a equipe.

Todo trabalho é compartilhado e integrado às unidades de saúde da rede municipal, aos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e aos demais serviços de Urgência e Emergência.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também