Notícias

Escola municipal exibe mostra de arte feita com embalagens dos kits escolares

Papelão e outros materiais foram reaproveitados pelos estudantes se transformando em mosaicos, arte abstrata e mandalas artísticas
27 de setembro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Danilo Henriques – Secretaria de Governo e Comunicação / PMU

Sustentabilidade e arte se uniram em uma iniciativa que envolveu professores, alunos e familiares da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Profª Irene Monteiro Jorge, do bairro Morumbi. O trabalho artístico foi desenvolvido com os alunos do 3º ao 5º anos de ensino, utilizando embalagens dos kits escolares. Caixas de papelão em que as escolas recebem os mantimentos, embalagens de pizzas e outros materiais também foram reaproveitados em sala de aula, dando forma a dezenas de mosaicos, arte abstrata e mandalas artísticas.

“Os kits foram entregues como auxílio aos estudantes a fazerem suas atividades no dia a dia e fico muito contente deles terem sido utilizados ao máximo, desde o conteúdo pedagógico até a própria caixa em que foram entregues à escola. As aulas continuam de forma presencial e remota e os alunos precisam do material para continuar em pleno desenvolvimento”, disse a secretária Tania Toledo.

Coordenado pelos professores de Artes, Naiara Dias e Wesley Diniz, o resultado, segundo a diretora da escola, Luciana dos Santos, foi uma Mostra de Arte. “Tínhamos uma grande quantidade desses materiais aqui na escola e, quando a atividade foi proposta aos alunos, foi de uma aceitação tão intensa que até os pais ou responsáveis pelas crianças se envolveram”, orgulhou-se a diretora.

Um dos alunos que exibiu o trabalho na mostra de arte foi Mateus Balduíno, de 8 anos, e já projeta novas ideias. “Eu amei fazer e o bom é que não se joga nada fora! Eu fiz o planeta Terra. Se tiver que fazer de novo, já quero fazer a bandeira do Vaticano”, contou o estudante do quarto ano.  

Escola municipal exibe mostra de arte feita com embalagens dos kits escolares 1
Foto: Danilo Henriques – Secretaria de Governo e Comunicação / PMU

Para o professor de educação artística, Wesley Diniz, a atividade, além de mostrar a importância da sustentabilidade reaproveitando materiais que seriam descartados, desenvolve também habilidades manuais, cognitivas, estimula a criatividade e é um retrato do próprio aluno. “Como professores, podemos estar atentos e acompanhar o lado emocional da criança que é revelado em cada trabalho. Se algo estranho está acontecendo com ela no próprio lar, é refletido nos trabalhos. Dessa forma, eu utilizo a musicoterapia no momento da atividade com as crianças. Através de melodias instrumentais e sons da natureza, o aluno fica mais concentrado, relaxado e entregue ao exercício proposto”, explicou Wesley sobre a importância das manifestações artísticas.

Sobre o Kit Escolar

São aproximadamente 70 mil alunos contemplados com os conjuntos que oferecidos para estudantes da educação infantil, ensino fundamental, Programa Municipal de Alfabetização de Jovens e Adultos (Pmaja) e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Neste ano, os materiais foram distribuídos para estudantes de 121 escolas municipais e 45 Organizações da Sociedade Civil (OSCs), entidades parceiras da Secretaria Municipal de Educação (SME).

Com a proposta de garantir um aprendizado de acordo com a faixa etária, a secretaria elaborou conjuntos diferentes em respeito às idades dos alunos e aos anos escolares que estão cursando. Para a aquisição dos kits, divididos em sete conjuntos, foram investidos R$ 2,55 milhões de recursos provenientes da Quota Municipal do Salário Educação (QMSE), repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Para saber mais e conferir os itens de cada kit, clique aqui.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também