Notícias

Prefeitura de Uberlândia realiza 12° edição do Curso de Aquaponia

Atividade é desenvolvida na Fazenda Buriti pela Fundação de Excelência Rural de Uberlândia (Ferub).
1 de outubro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Aconteceu nessa sexta-feira (1º) a 12ª edição do Curso de Aquaponia realizado pela Prefeitura de Uberlândia por meio da Fundação de Excelência Rural de Uberlândia (Ferub). Durante o período da manhã, cerca de 20 pessoas estiveram na Fazenda Buriti, localizada no km 63 da BR-050 (na saída para Araguari) e puderam acompanhar a teoria e na prática o desenvolvimento de um sistema caseiro que alia técnicas de produção de peixes (aquaponia) com o cultivo de plantas com água sem solo.

“Este é um dos cursos de maior sucesso entre os ofertados pela Ferub, pois pode ser reproduzido em diversas escalas e com facilidade. Deste modo, atrai aquela pessoa que deseja trabalhar o sistema em casa, para poder colher um alimento mais saudável e natural, até o produtor rural que tem o interesse em desenvolver a atividade com interesse comercial”, disse o engenheiro agrônomo da Ferub Mayer Andrade Santos.

Prefeitura de Uberlândia realiza 12° edição do Curso de Aquaponia 1
Cleiton Borges – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

A veterinária Cristiane de Fátima Pereira, de 47 anos, foi uma das inscritas e se mostrou bastante empolgada em conhecer a nova técnica. “Sempre tive a curiosidade de saber como a aquaponia funciona e quais os recursos necessários. Quando soube do curso por meio do Portal da Prefeitura, não perdi oportunidade de me inscrever e quero aproveitar ao máximo o conhecimento adquirido hoje”, finalizou ela.

Como funciona

Na prática, o sistema é realizado da seguinte forma: os peixes são criados em uma caixa d’água. A água suja com dejetos passa por um decantador e flui para outro compartimento, onde há uma bomba d’água, argila expandida e microorganismos que agem e purificam os resíduos. Em seguida, esse líquido é bombeado para câmaras e tubos de cultivo, irrigando automaticamente as hortaliças plantadas. Ao final do processo, a água retorna limpa e apropriada à caixa dos peixes, onde o ciclo é retomado.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também