Notícias

Neste sábado (16) acontece o dia D da Campanha Nacional de Multivacinação

Convocação especial é para as crianças de um ano e adolescentes menores de 15 anos com esquema vacinal incompleto
16 de outubro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O sábado chegou com um importante compromisso para os pais que precisam conferir ou completar o esquema vacinal dos filhos com idades entre um e quinze anos. É o dia D da da Campanha Nacional de Multivacinação de 2021 que está ocorrendo neste sábado, até às 17h, em nove unidades de saúde de Uberlândia como as UAIs do Luizote, Martins, Planalto e Tibery; além da UBS Roosevelt; UBSFs Lagoinha, São Jorge II, III e Morumbi I.

A Campanha imuniza adolescentes menores de 15 anos e crianças de até 10 anos que perderam o prazo da meningocócica C ou estavam sem as demais vacinas como a proteção contra a paralisia infantil, sarampo, caxumba e outras doenças.

Neste sábado (16) acontece o dia D da Campanha Nacional de Multivacinação 1
Foto: Danilo Henriques – Secretaria de Governo e Comunicação / PMU

Segundo a coordenadora do Programa de Imunização, Cláubia Oliveira, o número de crianças não vacinadas no país e também na própria cidade é muito preocupante. “No Brasil, de modo geral, a cobertura vacinal está muito baixa e com o nosso município não é diferente. Uberlândia está entre 70% a 80% de jovens abaixo de 15 anos imunizados completamente sendo que o mais favorável é atingirmos a taxa acima de 95%. O número é preocupante porque na cidade, só para os menores de cinco anos de idade, há 16 mil doses para serem aplicadas, ou seja, há crianças que não tomaram estas doses e estão desprotegidas. Por isso, é importante a conscientização e atenção desses pais e responsáveis.” Alertou a coordenadora.

Preocupado com a saúde da filha de nove anos, o Marcelo Lira acordou cedo e a levou para a UAI Martins para garantir a proteção. “A gente precisa ficar atento no cartão de vacina dos filhos. São várias doenças que podem ser evitadas só com uma simples picada. Quando eu vi que haveria essa oportunidade neste sábado, já me programei para verificarmos se está tudo certo no cartão de vacina dela e graças a Deus, tudo em dia. Ela só tomou agora a vacina da gripe e tudo tranquilo, foi bem rápido aqui.”

A Campanha Nacional de Multivacinação que começou no dia primeiro de outubro vai até o fim do mês, no dia 29. E para quem não consegue comparecer durante a semana, pode aproveitar este sábado (16) e ir até os locais abaixo, levando o cartão de vacina da criança ou adolescente, até as 17h. Confira:

Unidades de Atendimento Integrado (UAI)

Luizote – Rua Mateus Vaz, 465
Martins – Av. Belo Horizonte, 1.084
Planalto – Rua do Engenheiro, 246
Tibery – Av. Benjamim Magalhães, 1.115

Unidades Básica de Saúde (UBS)

Roosevelt – Rua Dr. Leopoldo de Castro, nº 465

Unidades Básica de Saúde da Família (UBSF)

Lagoinha – Rua Pio XII, 353
São Jorge II e III – Rua Ângelo Cunha, 269
Morumbi I – Rua do Espigão, 871

Aplicação da Meningocócica C

Durante a verificação do cartão de vacinas, a equipes também estarão ministrando a vacina meningocócica C (conjugada) nas crianças com idade até 10 anos que ainda não foram vacinadas. A decisão de alterar, temporariamente, a faixa etária de vacinação deste público foi do Ministério da Saúde a fim de proteger as crianças e adolescentes, evitando ocorrência de surtos da doença.

A meningocócica C proteger contra o tipo C da doença, que pode evoluir para meningite e outras enfermidades graves causadas pelas bactérias meningocócicas. A vacina está disponível para crianças menores de cinco anos, sendo administrada em esquema de duas doses. Segundo a coordenadora do Programa, a decisão ajudará a rastrear se alguma criança está sem as doses necessárias, além de ajudar a ampliar a cobertura.  

“Com a pandemia muitos pais não procuram as unidades de saúde e acabaram deixando o cartão dos filhos desatualizados, mesmo nossas equipes fazendo constantemente a busca ativa. A adoção desta medida vale até dezembro de 2021. É tempo suficiente para os pais procurarem as unidades de saúde e deixarem seus filhos protegidos. Nossas equipes estão seguindo todas as medidas de segurança sanitárias para oferecer um ambiente seguro aos pais”, reforçou.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também