Notícias

Distribuição de kit alimentação feita pela Prefeitura chega ao terceiro ciclo

Famílias cadastradas já começaram a receber os conjuntos de alimentos
20 de outubro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Danilo Henriques - Secom/PMU

A Prefeitura de Uberlândia iniciou nesta semana a distribuição de cerca de 38 mil kits alimentação, pertencentes ao terceiro ciclo do programa. A entrega contempla alunos matriculados na rede municipal de ensino, composta pelas escolas municipais e Organizações de Sociedade Civil (OSCs), cujas famílias manifestaram interesse. A entrega segue orientações do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), do Ministério da Educação (MEC).

Iolanda Domingues é avó de estudantes da Escola Municipal Professor Ladário Teixeira, localizada no bairro Nossa Senhora das Graças, e comemorou ao receber o kit. “É uma contribuição importante para as famílias. São alimentos saudáveis e que completam a dieta, além de diminuir os gastos com alimentação”, disse.

O programa do kit alimentação teve início em abril de 2020 atendendo estudantes beneficiados pelo Programa Bolsa Família. O projeto teve continuidade em 2021 e foi ampliado para todos os alunos que desejassem receber o benefício e fossem cadastrados. Ao todo já foram distribuídos cerca de 84 mil conjuntos, compostos por alimentos que visam reduzir a insegurança alimentar e nutricional e promover a oferta de alimentos nutritivos mesmo fora do ambiente escolar.

Distribuição de kit alimentação feita pela Prefeitura chega ao terceiro ciclo 1
Danilo Henriques – Secom/PMU

A composição dos kits é de acordo com o recurso financeiro proveniente do governo federal e cada modalidade de ensino tem um conjunto específico. Ao todo são três modelos de kits, definidos de acordo com os anos que os alunos cursam, sendo eles, educação infantil integral, educação infantil parcial e ensino fundamental/ Educação de Jovens e Adultos (EJA). Os conjuntos contêm alimentos como arroz, macarrão, feijão e ovos caipira.

“A distribuição dos kits teve início imediatamente após a suspensão das aulas presenciais no ano passado em decorrência da pandemia. Foi um modo que a Prefeitura teve de contribuir com a alimentação dos estudantes e com a renda das famílias”, disse a secretária de Educação, Tania Toledo. Ela destacou que este terceiro ciclo já estava definido desde o início das atividades escolares deste ano de 2021.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também