Notícias

Prefeitura de Uberlândia recebe equipe de pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz

Fiocruz vai visitar unidades de saúde como parte de uma pesquisa sobre vigilância alimentar e nutricional na Atenção Primária à Saúde de Minas Gerais
25 de outubro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Divulgação/Secretaria de Governo e Comunicação

A Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), recebe, a partir desta segunda-feira (25), uma equipe de pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) – Rio de Janeiro. Os pesquisadores participaram de reuniões com representantes da SMS e da e Secretaria Municipal de Agronegócio, Economia e Inovação (SMAEI) na manhã e tarde desta segunda, e na próxima terça (26) e quarta-feira (27), farão visitas a duas escolas municipais e às Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs) dos bairros Jardim das Palmeiras e Morumbi.

As visitas fazem parte da etapa da pesquisa em que será exposto a intenção do estudo e também para que os membros do Comitê Gestor de Pesquisa interajam com os membros locais. A iniciativa é uma avaliação sobre o processo de Implantação da Vigilância Alimentar e Nutricional na Atenção Primária à Saúde de Minas Gerais. Farão parte do estudo aquelas pessoas que estão diretamente envolvidas na vigilância e segurança alimentar na rede de saúde, tendo uma abrangência para setores como educação, assistência social e agricultura.

A análise proposta pelo estudo se deve ao cenário de coexistência de condições divergentes, como desnutrição, fome e obesidade, que são vistas como importantes problemas de saúde pública. Por isso, será observado, no estudo, quais são as ações e tomadas de decisão diante desse contexto.

“Em Uberlândia, a pesquisa vai obter informações como as políticas públicas como o Programa Saúde na Escola, que faz a avaliação nutricional dos alunos, os programas de fortalecimento da agricultura familiar e aquisição de alimentos, além de todas as ações realizadas diretamente pela Atenção Primária e tantas outras ações desenvolvidas no nosso município que acabam convergindo com a questão da Segurança Alimentar e Nutricional”, afirmou a coordenadora da Atenção Primária da SMS, Karina Kelly.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também