Notícias

Uberlândia recebe visita de técnicos e analistas do Instituto Albert Einstein

Comitiva visitará pontos de atenção à saúde para acompanhar processos importantes implantados no município
25 de outubro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Valter de Paula/Secretaria de Governo e Comunicação

Escolhida para ser um Centro Colaborador de boas práticas na saúde, a Prefeitura de Uberlândia recebe nesta segunda-feira (25) e terça-feira (26) a visita de técnicos e analistas do Instituto Albert Einstein, que vão conhecer os processos implantados na Atenção Primária e que motivaram a cidade a ser uma referência no serviço para outros municípios. 

Desde o início da atual gestão municipal, Uberlândia desenvolve a padronização dos serviços de saúde por meio da Planificação da Atenção à saúde, denominado no município de projeto Qualifica SaUDI. A iniciativa veio para ampliar o acesso da comunidade às unidades de saúdeefortalecer a atenção primária na cidade. As ações desenvolvidas motivaram o Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass) a fazer de Uberlândia um Centro Colaborar, sendo referência para outras localidades que queiram seguir os exemplos adotados no município.

Neste primeiro dia de visita, a comitiva participou de uma reunião com o secretário de Saúde, Gladstone Rodrigues da Cunha, a consultora do Conass, Rúbia Pereira Barra, e a coordenadora do Núcleo de Contratos e Gestão, Cristina Angélica Gomes. A equipe da administração municipal apresentou aos analistas a experiência de Uberlândia como Centro Colaborar e o modelo de gestão feito pela Secretaria de Saúde e iniciou a parte das visitas técnicas na Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) do bairro Santa Luzia.

“Eles vieram conhecer os processos que desenvolvemos desde o início da gestão do prefeito Odelmo Leão e que têm evidências de melhoria. A equipe também quer conhecer as ações relacionadas à Saúde Mental, que desenvolvemos há bastante tempo.  Também foi contextualizado sobre nossos contratos de gestão, que é um modelo onde as organizações sociais administram as unidades de saúde e como fazemos o controle destes contratos”, explicou a coordenadora do Núcleo de Contratos e Gestão, Cristina Angélica Gomes.

Os visitantes conhecerão outros pontos de atenção à saúde e vão acompanhar as metodologias importantes implantadas no município, como a integração da atenção primária e atenção ambulatorial especializada no cuidado de usuários com condições crônicas (hipertensão, diabetes, gestantes, doenças reumáticas, etc.), a organização e o atendimento compartilhado da rede de atenção à saúde mental e as ações integradas das unidades básicas de saúde com a rede de urgência e emergência e atenção hospitalar.

A coordenadora do Programa de Saúde Mental do Instituto Albert Einstein, Ana Alice Freire de Sousa, contou que a equipe está fazendo várias visitas técnicas e que o município de Uberlândia entrou na programação devido à toda metodologia usada e pelas experiências bem-sucedidas. “Nosso projeto tem foco na Saúde Mental e utiliza de metodologias do Conass. Sabemos das experiências de Uberlândia, que tem larga experiência na padronização dos processos e viemos conhecer um pouco deste trabalho. Neste primeiro contato, vimos o quanto um corpo técnico e a persistência são importantes no desenvolvimento dos projetos”.

Uberlândia como referência

O Centro Colaborador se efetivou por meio de um termo de compromisso assinado entre a Prefeitura de Uberlândia e o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) em agosto de 2019. Com a assinatura do termo, ficou estabelecido que Uberlândia é um local de visitas de gestores e profissionais, bem como um centro de capacitação de facilitadores.

Os Centros Colaboradores têm o propósito de fortalecer e ampliar a cooperação técnica entre Estados e Municípios, facilitando informações e serviços, além de estimular e apoiar o treinamento e a pesquisa.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também