Notícias

Exposição ‘Aço, cortes e cores’ é prorrogada e segue até dia 30 de novembro

A mostra do artista e empresário Breno Medeiros está no Centro Municipal de Cultura e vem impressionando os visitantes pelo trabalho feito com o aço
26 de outubro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Fotos: Divulgação

No espaço “Pena Branca e Xavantinho”, no Centro Municipal de Cultura (antigo Fórum), está a mostra “Aço, cortes e cores”, que ganhou mais um mês de portas abertas para quem ainda não visitou ou deseja revê-la. A exposição, que encerraria em 30 de outubro, permanece disponível gratuitamente para à população, de segunda a sexta-feira, das 12h às 17h, até 30 de novembro.

 “Aço, Cortes e Cores” traz à tona a trajetória criativa e corajosa deste arquiteto, artista e empreender visionário. As peças da mostra demonstram claramente a habilidade de Breno Medeiros no manuseio de cada objeto. Além de ser um criador artístico, Breno Medeiros também é uma espécie de “portal” em que artistas, decoradores, arquitetos, engenheiros e designers adentram buscando auxilio no desenvolvimento de alguma peça, graças ao amplo conhecimento acerca de cada matéria-prima. O talento e o trabalho do expositor já não cabem tão somente em Uberlândia e região e continua se destacando pelo mundo. 

Trajetória de sucesso

Breno Medeiros deixou a cidade de Ituiutaba e veio para Uberlândia. Aqui, inaugurou o “Usadão da Construção” com todos os tipos de materiais usados para imóveis como telhas, sanitários, tijolos, madeiras. O comércio se ampliou também no ramo da sucata, trazendo novo fôlego para os negócios que poucos, até então, enxergavam alguma oportunidade. Apaixonado por materiais, outra empresa foi criada para agregar valor, principalmente para as madeiras de telhados. Assim, surgiu o Depósito Rústico, uma loja acoplada com a marcenaria que se destacou pela produção de peças requintadas e artesanatos de alto padrão e qualidade.

Para atender clientes diferenciados e toda a demanda que surgia, Breno investiu em serralheria, inaugurando a primeira fábrica com máquina de corte a plasma em Uberlândia. As inovações e melhorias não pararam por aí. Uma viagem à China ampliou o olhar do empreendedor que trouxe a primeira máquina de dobras e cortes a laser da cidade. E foi assim que o aperfeiçoamento virou uma máxima na vida profissional de Breno, tornando-se “braço direito” de centenas de artistas e profissionais da construção, e principalmente, fazendo de cada serviço, uma obra de arte.     

Prestigie!


Exposição “Aço, Cortes e Cores” de Breno Medeiros
Quando: Até dia 30 de novembro
Local: Centro Municipal de Cultura (antigo Fórum) – no espaço Pena Branca e Xavantinho
Horários: 12h às 17h ou por agendamento (34) 3236-8011

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também