Notícias

Campanha de Vacinação Antirrábica protege mais de 90 mil cães e gatos

Dos animais imunizados, 14.600 foram na zona rural e 76.300 da zona urbana; quantidade ultrapassa meta preconizada de 80% da população animal
4 de novembro de 2021
Foto: Valter de Paula/ Secretaria de Governo e Comunicação

Após percorrer a zona rural de Uberlândia e intensificar a proteção contra raiva dos cães e gatos nos postos de vacinação da cidade, o Programa de Controle da Raiva da Secretaria Municipal de Saúde imunizou 90 mil animais, ultrapassando a meta preconizada de 80% da população animal. A 37ª edição da Campanha de Vacinação Antirrábica aconteceu de 13 de setembro a 30 de outubro.

Dos animais imunizados, 14.600 foram na zona rural e 76.300 da zona urbana. Quem não conseguiu vacinar os animais durante a Campanha pode procurar o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30.  Devem receber a vacina os cães e gatos com mais de três meses de vida. Já os animais que estiverem doentes ou no período de gestação e lactação não devem ser imunizados neste período. Nestes casos, o proprietário deve procurar o CCZ para fazer a aplicação após o período de impedimento.

A Campanha de Vacinação Antirrábica visa garantir que a cidade continue sem registros da doença – uma infecção viral aguda que não tem cura e é transmitida para o ser humano por meio da saliva de animais. Por isso, a coordenadora do programa, Lilian Andrade, destaca a importância da vacinação.

“A partir dos sintomas, o animal encaminha para óbito em poucos dias, pois a letalidade é de 100%. Também pode ser fatal nos seres humanos se não houver acompanhamento médico. A prevenção é a vacinação dos animais anualmente. Na campanha deste ano, conseguimos ultrapassar a meta, imunizando 84% da população animal. Tivemos um bom resultado e adesão da comunidade”, destacou.

As ações do Programa de Controle da Raiva acontecem permanentemente durante todo o ano, com orientações, trabalhos de bloqueio e monitoramento do vírus, além de um posto de vacinação no CCZ. Um conjunto de fatores que deixa Uberlândia há mais de 30 anos sem registros da doença em cães e gatos.

Embora o município apresente uma realidade positiva, a participação da comunidade é fundamental para manter os índices atuais.

Veja Também

Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Se clicar em "Rejeitar Cookies", os cookies que não forem estritamente necessários serão desativados. Para escolher quais quer autorizar, clique em "Gerenciar cookies". Saiba mais em nossa Declaração de Cookies.

Configurações avançadas de cookies

Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies.

Cookies estritamente necessários

Esses cookies permitem funcionalidades essenciais, tais como segurança, verificação de identidade e gestão de rede. Esses cookies não podem ser desativados em nossos sistemas. Embora sejam necessários, você pode bloquear esses cookies diretamente no seu navegador, mas isso pode comprometer sua experiência e prejudicar o funcionamento do site.

Cookies de terceiros

O portal uberlandia.mg.gov.br não tem controle sobre quais cookies de terceiros serão ativados. Alguns cookies de terceiros que podem ser encontrados ao acessar o portal:
Domínios: Google, Youtube, consulte mais em