Notícias

Uberlândia conquista 1º lugar do país em Serviços de Cidades Inteligentes

Município também foi reconhecido este ano como o 1º do país em estímulo às telecomunicações
25 de novembro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A busca por inovação e desenvolvimento tecnológico tem sido uma das marcas da atual gestão da Prefeitura de Uberlândia. Nesse processo, a população passou a contar com acesso facilitado ao serviço público por meio de canais digitais, por exemplo. O aprimoramento da legislação municipal é outro mecanismo adotado para melhorar o dia a dia da cidade. Devido a iniciativas como essas, Uberlândia acaba de conquistar o 1º lugar no ranking nacional de Serviços de Cidades Inteligentes.

O levantamento considera a oferta de serviços por meio de recursos digitais e no estímulo às telecomunicações entre os 100 maiores municípios brasileiros. O ranking analisa 29 serviços, dos quais 16 foram identificados em Uberlândia. Entre os destaques da cidade estão os cruzamentos com semáforos inteligentes, os prontuários eletrônicos, as lâmpadas de LED monitoradas por telegestão, informatização de serviços de saúde e educação e a digitalização dos serviços públicos.

Para divulgar o resultado, as organizadoras do ranking realizaram um evento virtual na tarde desta quinta-feira (25). O ranking é feito pela consultoria Teleco e tem parceria com a Conexis Brasil Digital (entidade que congrega as principais de operadoras de telecomunicações e substituiu a marca Sindtelebrasil) e a Associação Brasileira de Infraestrutura para Telecomunicações (Abrintel).

Uberlândia conquista 1º lugar do país em Serviços de Cidades Inteligentes 1

“É com muito orgulho que recebemos esse reconhecimento. Repito sempre: a cidade que não for facilitadora, ficará para trás. E por isso buscamos ser uma Prefeitura inovadora. Por exemplo, avançamos muito na educação com aulas virtuais e pela televisão. Entregamos tablets a mais de 14 mil crianças atendidas pelo Bolsa Família. Na área da saúde, hoje nós temos mais de 1,2 milhão doses da vacina contra a Covid aplicadas via agendamento virtual e notificação por mensagem de texto SMS”, disse o prefeito.

Odelmo Leão ainda apresentou outras iniciativas de inteligência e inovação aplicadas no município. “Eu juntei os setores de agro e desenvolvimento econômico em uma única pasta, a Secretaria de Agronegócio, Economia e Inovação, porque acredito que toda a cadeia produtiva (do produtor rural à indústria) precisam caminhar junto. E, nesse sentido, estamos criando programas de informatização para auxiliar tanto produtores quanto os empresários. Além disso, a Prefeitura oferece ao cidadão mais de 90 tipos de serviços de forma virtual. Então eu acredito que as inovações vêm no sentido de facilitar as coisas.”

Além disso, o prefeito ressaltou que a modernização do sistema de iluminação pública na cidade já alcançou 71% da troca das lâmpadas tradicionais pelas de LED, reduzindo em 2 mil toneladas/ano a emissão de gás carbônico na atmosfera.

Uberlândia conquista 1º lugar do país em Serviços de Cidades Inteligentes 2

Tecnologia, inteligência e conectividade

Ao comentar sobre o ranking após o anúncio do resultado, o gerente de Infraestrutura da Conexis, Ricardo Dieckmann, ressaltou que as cidades precisam estar preparadas tanto para oferecer serviços digitais e inteligentes aos moradores quanto para viabilizar a expansão da conectividade. “Essas duas vertentes, serviços inteligentes e conectividade, têm que caminhar lado a lado”, destacou.

E esse é o caso de Uberlândia, que, em setembro deste ano, também obteve o 1º lugar no ranking nacional Cidades Amigas da Internet, promovido pela Conexis, Abrintel e Teleco. Nessa premiação, o município foi considerado o que mais oferece estímulo às telecomunicações no Brasil, especialmente por ter uma legislação que possibilita a expansão do setor.

A cidade é uma das poucas do país preparadas para receber a infraestrutura para a tecnologia 5G. Inclusive a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) destaca Uberlândia como único exemplo de Minas Gerais entre os municípios com legislação aderente às melhores práticas para expansão da infraestrutura de telecomunicações.

Enquanto nos demais municípios a desburocratização do setor é fruto de legislação recente, em Uberlândia o atual cenário foi antecipado há 10 anos. Durante a gestão 2007-2012 à frente da Prefeitura, Odelmo Leão revogou a lei municipal 7.904, de dezembro de 2001. Essa decisão retirou empecilhos que poderiam dificultar o atual avanço tecnológico em curso.

Exemplo para o país

No encerramento da cerimônia virtual, o presidente executivo da Conexis Brasil Digital, Marcos Ferrari parabenizou a cidade pelo segundo prêmio anual. “Assim como disse na premiação da Cidade Amiga da Internet, reitero que Uberlândia é exemplo para todo o país”, afirmou.

Além disso, o diretor do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), José Gontijo, declarou que o ranking servirá de base para a promoção de políticas públicas junto às prefeituras em todo o país. A iniciativa consta do termo de cooperação anunciado em conjunto pelo órgão federal, a Conexis e a Abrintel.

Confira aqui o Ranking de Serviços de Cidades Inteligentes 2021

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também