Notícias

Paratleta CDDU/Futel conquista ouro em Mundial de Para Halterofilismo

Lara Lima obteve o primeiro lugar ao levantar 87 kg, neste sábado (27), em competição disputada na Geórgia
27 de novembro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A paratleta Lara Lima, do Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia (CDDU) – associação parceira da Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel) – conquistou medalha de ouro no Campeonato Mundial de Para Halterofilismo 2021, neste sábado (27), pela categoria júnior (voltada a competidores de até 20 anos), ao levantar 87 kg. A competição, realizada em Tbilisi, na Geórgia, começou neste sábado (27) e segue até 5 de dezembro.


Além de Lara, a CDDU/Praia Clube/Futel é representada por sete paratletas – Mateus de Assis, Gabriel Serafim, André Luiz, Luciano Dantas, ngela Teixeira, Elizete Araújo e Valéria Alves – e pelo treinador Weverton Santos. “O Campeonato Mundial de Para Halterofilismo reúne os melhores competidores do planeta e, já no primeiro dia, a CDDU/Praia Clube/Futel conquistou uma medalha de ouro. Isso demonstra a força da equipe, que tem 8 paratletas entre os 23 convocados para a seleção brasileira nesta competição”, disse o treinador Weverton Santos.


Lara Lima já soma importantes conquistas no halterofilismo, como duas medalhas no Aberto Europeu da França (uma de ouro e uma de prata), uma medalha de prata nos Jogos Parapan-Americanos de Lima e duas medalhas na Copa do Mundo de Halterofilismo da Geórgia: uma de ouro na categoria “Até 41 kg – Júnior” e uma de bronze na categoria “Até 41 kg – Adulto”. Em agosto, aos 18 anos, ela também foi a mais jovem competidora do halterofilismo entre todas as delegações dos Jogos Paralímpicos de Tóquio. “Estou muito feliz com o resultado alcançado, especialmente por se tratar de uma competição tão difícil como esta”, destacou Lara, que volta a competir neste domingo (28).


A convocação dos paratletas para o Campeonato Mundial de Para Halterofilismo 2021 e o resultado alcançado por Lara Lima têm relação direta com o trabalho desenvolvido pela Futel, que mesmo durante a pandemia, manteve a rotina de treinamento dos paratletas de alto rendimento com competições internacionais previstas para 2021. Os treinos de halterofilismo são realizados na academia do UTC, com todas as medidas preventivas necessárias, como distanciamento social e uso de máscara de proteção e álcool em gel.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também