Notícias

Dmae recebe a exposição coletiva ‘VIVAcidade’ em seu Espaço Cultural

29 de novembro de 2021
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A partir desta terça-feira (30), o Espaço Cultural do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) recebe a exposição coletiva ‘VIVAcidade’, que celebra o graffiti em Uberlândia. Idealizado pela escritora e produtora cultural, Débora Costa, a exibição vai estar aberta para visitação até o dia 10 de janeiro de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na sede da autarquia.

Com o objetivo de documentar a cena do graffiti em Uberlândia, a produção visa trazer à tona os artistas por trás das tintas vistas nas paredes. De acordo com Débora, mesmo que a arte urbana seja bem aceita na cidade, muitas pessoas ainda não conhecem os agentes de cultura locais. “A exposição surge como uma ideia de contrapartida social, pensando no reconhecimento e na valorização deste trabalho nas ruas. A exposição busca aproximar a comunidade dos artistas”, explica.

Durante a abertura do evento a escritora vai fazer o lançamento do livro que leva o mesmo nome da exposição, além de uma performance visual ao vivo, chamada de live paiting, executada pelos artistas Tiago Dequete, que também faz a curadoria do livro, e Ronaldo Fly. “Quem vai a um museu está esperando por um contato com a arte, enquanto a pessoa que vai à autarquia não espera ser impactada por este tipo de intervenção. A arte urbana se propõe a um diálogo. Por isso, é uma tentativa de estabelecer contatos significativos, para que todos possam conhecer e ver estes agentes em ação, além das obras prontas espalhadas pelas ruas”, aponta Débora.

A exposição coletiva conta ainda com obras individuais dos artistas AnaviAlexandre GeleiaDequeteGemaJulio NeguelaKakkoKaliLucas CastroMariana PersiOelefanteRonaldo Fly e Undef. Em uma celebração do graffiti, a exibição deve apresentar os personagens e as letras tridimensionais, que caracterizam as produções, além das várias vertentes que compõem esta modalidade artística. “A exposição ganha o nome VIVAcidade, pois os escritores urbanos querem reescrever Uberlândia e torná-la viva, com novas cores e óticas. Por isso, o livro e a produção apresentam uma espécie de recorte das ruas, pensando em levar diferentes cores e estéticas para dentro do Dmae”.

O VIVAcidade faz parte do projeto “Ruas que falam”, aprovado pelo edital SMC nº 05/2020, referente a apresentação e seleção dos projetos culturais para o Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC 2021).

Os idealizadores

Débora Costa (Preta em Flor) é pedagoga, produtora cultural, membro titular do Conselho Municipal de Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Cultural, além de autora do livro GER – Graffiti Escola na Rua. Atua de em projetos que tornam público o potencial de produção cultural da periferia e para a visibilização dos agentes culturais de Uberlândia.

Tiago Dequete é Educador, graduado pela Escola Guignard/UEMG, desenvolve projetos socioculturais na área de arte educação a partir do universo do graffiti e da cultura Hip Hop. É conhecido por seu personagem Ogato, através do qual realiza intervenções no espaço urbano e traz críticas pontuais sobre assuntos da contemporaneidade, com uma paleta de cores específica (verde, laranja e azul).

Prestigie!

O quê: Exposição artística “VIVAcidade”

Onde: Espaço Cultural do Dmae (avenida Rondon Pacheco, 6.400, Bairro Tibery)

Quando: até 10 de janeiro

Horário: Segunda a sexta, das 8h às 17h

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também