Notícias

Sedesth apresenta balanço de ações realizadas no ano de 2021

Secretaria realizou mais de 1,4 milhões de atendimentos em todas as frentes de trabalho
3 de janeiro de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Com o desenvolvimento de ações socioassistenciais, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação (Sedesth) realiza trabalhos voltados para a garantia de direitos e atendimentos das necessidades sociais da população. Almejando assim, através de políticas públicas, a superação das situações de vulnerabilidade e risco social identificadas no território do município de Uberlândia. Dessa forma, a pasta realizou, no ano de 2021, mais de 1,4 milhões de atendimentos.

Sedesth apresenta balanço de ações realizadas no ano de 2021 1

Confira as principais ações desenvolvidas pela equipe da Sedesth, que atua em frentes de trabalho, por meio de 16 diretorias:

– Inauguração do Complexo Social do bairro Tocantins com NAICA, CRAS e Centro Profissionalizante;

– Entrega do NAICA e do CRAS do bairro Canaã;

– Mais de 185 mil atendimentos feitos no CRAS;

– Mais de 1,5 mil crianças e adolescentes atendidos nos NAICAs;

– Criação do Busão Social, que leva os atendimentos da Sedesth aos bairros;

– Mais de 47 mil pessoas receberam benefícios sociais;

– Implantação da Oficina de Robótica;

– Mais de 1,5 mil atendimentos na Casa da Mulher;

– Mais de 383 mil atendimentos na Diretoria de Proteção Básica ao Idoso e ao Deficiente;

– Atendimento de mais de 2,7 mil pessoas em situação de rua e migrantes;

– Captação de mais de 14 mil vagas de emprego pelo Sine;

– Realização de 46 modalidades de cursos profissionalizantes gratuitos;

– Implantação do curso de mecânica de motos;

– Mais de 3 mil pessoas capacitadas profissionalmente, sendo 60% mulheres;

– Ampliação de parcerias para aumentar o número de cursos profissionalizantes;

– 8.299 novos cadastros do Cadastro Único.

– 11.025 atualizações do Cadastro Único.

– 244 adolescentes atendidos pelo programa Jovem Aprendiz.

– 1.419 crianças/adolescentes que iniciaram acompanhamento no programa CREAS PROTETIVO.

– 264 adolescentes que iniciaram acompanhamento no programa CREAS SOCIOEDUCATIVO.

– CEAIs com capacidade de atendimento para 11.480 idosos.

– 19.934 cestas básicas entregues.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também