Notícias

Prefeitura identifica mais 4,6 mil famílias com direito ao Auxílio Brasil em Uberlândia

Trabalho de busca ativa é realizada por equipes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação
13 de janeiro de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Uma busca ativa realizada pela Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação (Sedesth), identificou na cidade mais 4.620 famílias com direito a receber o Auxílio Brasil, programa do Governo Federal. Até dezembro do ano passado, o número de beneficiários já identificados chegava a 16.313, mas, com os trabalhos de apuração do Município, o número saltou para 20.933.

Para fazer essa identificação, 14 assistentes sociais da Sedesth trabalharam nas buscas, que ainda estão em andamento, tendo como base as famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico). De acordo com as normas do Auxílio Brasil, estabelecidas pelo Governo Federal, têm direito ao benefício aquelas famílias com rendimentos mensais de até R$ 200 per capita.

Segundo a diretora de Benefícios, Programas e Projetos Socioassistenciais da secretaria, Naiza Fratari, as famílias que concluem o cadastro dentro dos critérios são imediatamente incluídas no Auxílio Brasil. Por isso, a diretora destacou que é importante manterem o CadÚnico atualizado, pois ele contribui para que diversos programas públicos sejam oferecidos. “As pessoas têm dois anos para atualizar, mas pedimos que nos procurem antes, assim temos condições de iniciar seus atendimentos em menor tempo”, disse.

Podem fazer o CadÚnico as famílias com rendimentos mensais de até três salários mínimos. Em Uberlândia, o CadÚnico é feito na Diretoria de Benefícios, Programas e Projetos Socioassistenciais e nos Centros de Referência a Assistência Social, mantidos pela Sedesth. O CadÚnico é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda para seleção e inclusão em programas federais, estaduais e/ou municipais. É usado obrigatoriamente para a concessão dos benefícios do Programa Auxilio Brasil, BPC, Tarifa Social da CEMIG, Programa Minha Casa Minha Vida, entre outros.

Onde realizar o CadÚnico:

  • Diretoria de Benefícios, Programas e Projetos Socioassistenciais, localizada no Centro Administrativo Municipal, avenida Anselmo Alves dos Santos, 600, Santa Mônica
  • Cras bairro Campo Alegre, rua Cordilheira dos Andes, 1.015, 3210-8383
  • Cras bairro Custódio Pereira, rua Luís Vieira Tavares, 1.199, 3213-9628
  • Cras bairro Jardim Brasília, rua Globo, 515, 3255-6066
  • Cras bairro Jardim Célia, rua dos Sininhos, 35, 3225-3459
  • Cras bairro Mansour, rua Rio Uaupés, 36, 3210-2426
  • Cras bairro Marta Helena, avenida República do Piratini, 234, 3211-8619
  • Cras bairro Morumbi, rua Felipe Calixto Milken, 157, 3227-7503
  • Cras bairro Pequis, rua Wilson Rodrigues da Silva, 940, 3215-7550
  • Cras bairro São Jorge, rua Ângelo Cunha, 387, 3214-0976
  • Cras bairro Shopping Park, rua Juvenília Mota Leite, 700, 3255-2488
  • Cras Distrito de Tapuirama, rua José Pedro Abalém, 1122, 3244-1424

Clique aqui e confira o calendário de pagamento por parte do Governo Federal do Auxílio Brasil

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também