Notícias

Obra da ponte dos Mognos alcança 78% de execução

Nesta segunda (31), iniciou-se o trabalho de aplicação da capa asfáltica
31 de janeiro de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Danilo Henriques – Secretaria de Governo e Comunicação/ PMU

A Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria Municipal de Obras, segue com a construção da ponte sobre o rio Uberabinha, na avenida dos Mognos. Depois de ter sido concretada a laje central, estão sendo executados os guarda-rodas, estruturas de concreto armado que fazem a separação entre os pedestres e a pista de veículos.

Simultaneamente, nesta segunda-feira (31), iniciou-se o trabalho de aplicação da capa asfáltica no prolongamento da avenida dos Mognos, no bairro Jaraguá, e foram utilizados mais de 1.500 m² de material. Com o serviço, a obra alcançou 78% de conclusão. Até a próxima semana, devem ser executados o asfalto no aceso da ponte pelo lado do bairro Daniel Fonseca e a finalização dos guarda-rodas, além do início dos trabalhos de meio-fio, sarjeta, postes de iluminação e calçada pelo lado do bairro Jaraguá.

Obra da ponte dos Mognos alcança 78% de execução 1
Foto: Danilo Henriques – Secretaria de Governo e Comunicação/ PMU

Estrutura

Mais uma intervenção viabilizada pelo programa Uberlândia Integrada, a ponte da avenida dos Mognos sobre o rio Uberabinha, que liga os bairros Daniel Fonseca e Jaraguá, será um importante elo entre os setores oeste e central da cidade, criando novas possibilidades de rotas para motoristas e para o transporte público.

A estrutura será também um apoio à avenida Getúlio Vargas, além de se tornar a única via de ligação direta às avenidas Rondon Pacheco, Marcos de Freitas Costa e bairros da região central, como Daniel Fonseca e Martins. A estimativa é de que 15 mil veículos possam trafegar pela região diariamente com a conclusão do viaduto.

Uberlândia Integrada

Lançado inicialmente em 2011, o programa Uberlândia Integrada já contemplou diversas melhorias em infraestrutura e mobilidade urbana em sua primeira etapa, como o prolongamento da avenida Anselmo Alves do Santos, o Corredor Estrutural Leste e o Terminal Novo Mundo. Na segunda etapa, são mais de R$ 140 milhões em investimentos na mobilidade de várias regiões da cidade, com a construção de viadutos, pontes, trevos, trincheiras, travessias e outros serviços.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também