Notícias

Uberlândia é a segunda melhor do Brasil em saneamento básico

Cidade se destaca pela cobertura no atendimento de água e esgoto e pelos investimentos no setor
22 de março de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Uberlândia segue como referência em matéria de saneamento básico, com indicadores de destaque em nível nacional conforme o ranking do Instituto Trata Brasil divulgado nesta terça-feira (22), dia mundial da água. O município subiu uma posição e agora é o segundo melhor em tratamento de água e esgoto do país, se mantendo como o primeiro de Minas há mais de 10 anos consecutivos. Responsável pelo saneamento na cidade, o Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) está em primeiro lugar como melhor autarquia municipal do setor no Brasil.

O prefeito Odelmo Leão destaca que a continuidade de Uberlândia em posição de destaque no ranking é resultado de investimentos contínuos e planejamento a longo prazo. Mais de R$ 385 milhões foram investidos em saneamento desde 2005. “Sabemos que os investimentos em saneamento refletem diretamente na vida da população de nossa cidade. Devido ao nosso planejamento e visão de futuro, com a operação da Estação de Tratamento de Água Capim Branco, atualmente temos capacidade de produzir água para o dobro do número de habitantes na cidade. Seguimos investindo no tratamento de esgoto. Assim, conseguimos atrair investimentos, gerando mais empregos e renda”, afirmou. 

Já o diretor geral do Dmae, Adicionaldo dos Reis Cardoso, lembrou que Uberlândia tem um investimento médio anual por habitante de R$142,27, acima do investimento médio por município das 20 melhores cidades que foi de R$ 135,24. “Estamos atentos a todas as ações dos quatro pilares do saneamento básico, e seguimos concentrando investimentos no tratamento de esgoto e drenagem pluvial”, disse.

No ranking, a cidade obteve a nota máxima em atendimento total de água (100%), esgoto (98,22%), e tratamento de esgoto referente a água consumida (84,18%), ocupando a primeira posição. Também se destacou por ter uma baixa perda por faturamento (17,73%). O estudo foi feito com base nos dados mais recentes do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), referente ao ano de 2020.

Uberlândia é a segunda melhor do Brasil em saneamento básico 1

Ampliação do tratamento de esgoto

Atualmente, Uberlândia apresenta o índice de tratamento de esgoto de 84,18% referente ao volume gerado de água consumida. Este indicador está bem acima do índice nacional, que é de 50,75% de todo o volume de esgoto gerado, e da média dos 100 maiores municípios, que é de 64,09%.

No final do ano passado, a Prefeitura de Uberlândia assinou contrato com a Caixa, na linha de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), no valor de R$ 100 milhões para revitalização e ampliação da rede de água e esgoto da cidade, sobretudo, com melhorias na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Uberabinha. Uma obra que ampliará a capacidade da estação e modernizará as instalações para que a ETE possa atender a demanda atual e futura de tratamento de efluentes. Essas melhorias visam aumentar a capacidade de tratamento de efluentes da estação em mais de 30% e preparar a ETE Uberabinha para o crescimento habitacional em Uberlândia.

Saiba mais em: https://tratabrasil.org.br/pt/estudos/estudos-itb/itb/ranking-do-saneamento-2022

Ranking Saneamento

Série histórica do Ranking Trata Brasil

Ano (divulgação) Relativo(ano-base) Posição 
20052004
20072005
20082006
20092007
20102008
20112009
20122010
20132011
20142012
20152013
20162014
20172015
20182016
20192017
20202018
20212019
20222020
   
Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também