Notícias

Prefeitura promove curso de capacitação sobre alimentação orgânica

Evento é voltado para diretores e merendeiras de escolas aderidas ao novo Programa Municipal de Alimentação Escolar (PMAE)
30 de março de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A Prefeitura de Uberlândia, através da Secretária Municipal de Educação (SME), por meio do Programa Municipal de Alimentação Escolar (PMAE), promoveu nesta quarta-feira (30), um curso de capacitação para diretores e merendeiras de doze escolas municipais contempladas no novo programa de introdução de alimentos orgânicos nos cardápios das unidades escolares.

Com o tema “A importância do estímulo de uma alimentação saudável”, o objetivo do curso é informar os profissionais da educação sobre a relevância de se saber diferenciar um alimento orgânico de um alimento convencional e informar sobre as questões ligadas a saúde e meio ambiente amparadas pelas leis que regulamentam a produção orgânica. Além disso, o programa do novo cardápio pretende introduzir alimentos saudáveis e de qualidade desde a infância no paladar dos estudantes.

A Nutricionista Responsável Técnica do PMAE de Uberlândia, Marília Martins Santos, esclarece que o programa piloto do cardápio orgânico contará com doze escolas inicialmente, mas que após um período de avaliação de seis meses, passará a abranger as demais escolas municipais.

Para a diretora da Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Professora Shirley Lourdes de Menezes Vieira, Débora Cristina Rocha Barbosa, o projeto colabora com o conhecimento das crianças sobre os alimentos orgânicos e ajuda no combate as doenças relacionadas a uma alimentação precária. “Esse projeto de alimentação saudável é importante devido ao número de crianças com obesidade, hipertensão e diabetes. Por isso, a alimentação orgânica é um hábito importante de ser adquirido desde cedo”, afirma a servidora.

Além de colaborar com a alimentação saudável das crianças, o programa é parceiro dos produtores rurais do município, como o José Rubens Laureano da Conceição, produtor orgânico no sistema agroecológico.  “A agroecologia não é um modo de produção, é um modo de vida que usamos para produzir alimentos com qualidade, sustentabilidade e respeito social. Não promovemos exploração de mão de obra ou nenhum tipo de atividade que destrua o meio ambiente”, pontuou o produtor parceiro.

Sobre o PMAE

O Programa tem por objetivo promover a saúde de crianças e adolescentes ao disponibilizar uma alimentação saudável e balanceada, contribuir no suprimento das necessidades nutricionais dos alunos, desenvolver hábitos alimentares saudáveis no ambiente escolar e elaborar cardápios variados que priorizam os hábitos regionais com a oferta de produtos da Agricultura Familiar.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também