Notícias

Centro de Convivência e Cultura reúne pacientes da Rede de Saúde Mental em espetáculo

Apresentação no Cineteatro Nininha Rocha trouxe dança, música, teatro e performances de audiovisual na tarde desta quinta-feira (31)
31 de março de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A tarde desta quinta-feira (31) foi de celebração para o Centro de Convivência e Cultura, voltado para assistência em Saúde Mental. Inaugurado em março de 2008 pela Prefeitura de Uberlândia, a unidade integra o trabalho da Rede de Atenção Psicossocial da Secretaria Municipal de Saúde no cuidado e assistência a pacientes com transtorno mental grave. Para celebrar os 14 anos dessa conquista para cidade, pacientes participaram, na tarde desta quinta-feira (31), de um espetáculo no Cineteatro Nininha Rocha, o “Talentosamente: 14 anos de Arte, Cultura e Saúde Mental”.

Dança, música, teatro e performances de audiovisual marcaram as apresentações organizadas por meio da Rede de Atenção Psicossocial. O cineteatro está localizado no Centro Municipal de Cultura e o espetáculo foi aberto ao público, com entrada franca. Mais de 40 pacientes se preparam para o evento.

São pacientes como Sandra de Oliveira, de 57 anos, uma das artistas do espetáculo no grupo de cantores. Ela frequenta o Centro de Convivência e estava emocionada em poder cantar para o público de cerca de 100 pessoas.

“Nós estamos nos preparando há muito tempo para esse momento. E esse ano foi de muita descoberta”, conta Sandra. “Os profissionais do Centro de Convivência e Cultura nos mostram que nós temos problemas, mas que podemos nos educar para lidar com esses problemas. Hoje é um dia de superação, pois todos que estão aqui tiveram que superar algum desafio, como depressão, esclerose, transtorno bipolar”, comemora.

Centro de Convivência e Cultura reúne pacientes da Rede de Saúde Mental em espetáculo 1
Danilo Henriques/Secretaria de Governo e Comunicação- PMU

Segundo a assessora técnica da Rede Municipal de Saúde Mental, Cida Gomes, o espetáculo foi uma junção de todos os processos criativos envolvidos no atendimento oferecido aos pacientes.

“O centro faz parte de um trabalho que busca trazer um novo olhar sobre os transtornos mentais graves, proporcionando conhecimento, sociabilidade, inclusão e produção cultural. Para isso, contamos com uma equipe multiprofissional para, além do cuidado clínico, estimularmos a criação dos laços sociais e culturais tão importantes para a qualidade de vida de qualquer pessoa”, explica Cida.

Centro de Convivência e Cultura reúne pacientes da Rede de Saúde Mental em espetáculo 2
Danilo Henriques/Secretaria de Governo e Comunicação- PMU

O Centro de Convivência e Cultura de Saúde Mental atende, atualmente cerca de 400 pessoas, e fica na rua Patrulheiro Osmar Tavares, 1.516, no bairro Santa Mônica. Entre as atividades ministradas estão oficinas, práticas corporais e expressivas de forma lúdico-operativa, como pintura, reciclagem, bordado, fuxico, leitura, passeios, relaxamento, caminhadas e outras, que permitem ressignificar o convívio do usuário com o mundo.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também

All articles loaded
No more articles to load