Notícias

Prefeitura inicia aplicação de resíduos de construção civil em vias do Glória

Ação sustentável conjunta entre as secretarias do Município contribuirá também na recuperação de vias sem pavimentação de Uberlândia
4 de maio de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais uma vez, a Prefeitura de Uberlândia, sob gestão do prefeito Odelmo Leão, demonstra, por meio de ações concretas, a importância do descarte correto de resíduos nos Ecopontos da cidade. A partir desta quarta-feira (4), grande quantidade de Resíduos da Construção Civil (RCC) coletados nos treze ecopontos do município estão sendo aplicados nas vias do bairro Élisson Prieto (Glória), assim, melhorando as condições das superfícies para o deslocamento de veículos e pedestres, trazendo também benefícios aos moradores. 

A ação é conjunta entre as Secretarias Municipais de Obras; Agronegócio, Economia e Inovação; e Meio Ambiente e Serviços Urbanos.

Prefeitura inicia aplicação de resíduos de construção civil em vias do Glória 1
Fotos: Araípedes Luz /Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

Segundo Larissa Espíndula, secretária municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, a ação da administração municipal promove economia e sustentabilidade, mas é necessária a participação efetiva da população. “Aproveitarmos os resíduos de construção civil na recuperação de estradas rurais, vicinais e de vias é uma solução inteligente, econômica, sustentável, mesmo que paliativa. Por isso, é de extrema importância que todo morador descarte estes resíduos em algum Ecoponto da cidade. Sem essa consciência da população com a destinação correta, descartando resíduos em lotes vagos, por exemplo, além de não trazer nenhum tipo de benefício como este, ainda causa danos financeiros e ambientais para a cidade”, destacou a representante da pasta.

Em Uberlândia, existem hoje treze ecopontos em funcionamento. Ao receber o resíduo, o responsável pela captação do material no Ecoponto já faz a primeira triagem, separando os resíduos da construção civil (RCC) que poderão contribuir para a recuperação de vias. Em seguida, a empresa licitada Salto Soluções Ambientais faz uma nova triagem do RCC para que seja feito a trituração e a mistura do material que será utilizado para a recuperação de vias da cidade.

Prefeitura inicia aplicação de resíduos de construção civil em vias do Glória 2
Fotos: Araípedes Luz /Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

Para o Secretário Municipal Interino de Obras, José Franklin Moreira, o processamento do resíduo de construção e demolição (RCD) traz grande benefício e destaca Uberlândia por ações inteligentes e sustentáveis. “Por mês, cada ecoponto recolhe mil toneladas de resíduos. São 13 mil toneladas de RCC que serão trabalhadas mensalmente para destinações adequadas e sustentáveis. O resíduo selecionado e britado é transportado e misturado com solo pela Secretaria de Obras. O resultado disso será visto em estradas vicinais, rurais e vias urbanas que, por algum motivo, não podem receber massa asfáltica”, pontuou o secretário.

Até o momento, o RCC disponível para o Élisson Prieto (Glória) é de cerca de 600 metros cúbicos, explica o secretário. “Consistem em 60 caminhões basculantes. À medida que a população descartar corretamente os resíduos nos ecopontos e o material passar pelo processo de seleção e trituração, a aplicação continuará nas vias do bairro. Além disso, ressalto, também, a importância da triagem porque não é todo este volume de resíduos que é aproveitado para esta finalidade. Se o material estiver contaminado com outros produtos, ele é descartado corretamente e utilizado para outro fim”, explicou. 

Funcionamento dos Ecopontos

Os moradores podem procurar os locais de descarte levando os resíduos ou contratando pequenas carretas. Na entrada das unidades, a carga é conferida e o cidadão é orientado sobre onde descarregar os resíduos. É necessário, ainda, informar a origem do material.

Com funcionamento todos os dias, sempre das 7h às 19h, as unidades estão situadas nos bairros: Luizote de Freitas, São Jorge, Santa Rosa, Guarani, Roosevelt, Daniel Fonseca, Morumbi, São Lucas, Tocantins, Cruzeiro do Sul, Segismundo Pereira, Mansour e Canaã. Desde 2019, o serviço foi ampliado nos bairros São Jorge, Santa Rosa, Daniel Fonseca e Canaã para o recebimento de gesso.

Para conferir os endereços de cada Ecoponto, (clique aqui)

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também