Notícias

Prefeitura lança edital para ampliação do Hospital Municipal

Obra orçada em cerca de R$ 7 milhões prevê a ampliação do pronto socorro de obstetrícia e construção do ambulatório
5 de maio de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O prefeito Odelmo Leão autorizou, nesta quinta-feira (5), a publicação de edital de licitação para ampliação do Hospital e Maternidade Municipal Dr. Odelmo Leão Carneiro (HMMDOLC). A ação integra o trabalho da Prefeitura de Uberlândia para garantir à população acesso cada vez maior aos serviços de saúde oferecidos pelo Município. Com a iniciativa, a expectativa é expandir a capacidade de atendimento do hospital em 16 leitos, além de centralizar no mesmo endereço a assistência ao pré-parto, cujo processo ocorre hoje na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) Martins.

Orçada, inicialmente, em cerca de R$ 7 milhões, a obra vai contemplar uma área estimada em 1.500 m² para aumento da estrutura do atendimento em obstetrícia e a construção de um ambulatório. Do total a ser investido, R$ 5 milhões são oriundos de contrato de financiamento no ano passado com o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). O restante do valor é de recursos próprios. O prazo para execução da obra é de 12 meses.

“O Hospital Municipal é credenciado em atendimento de gestantes em alto risco e na assistência em alta complexidade cardiovascular. Esses credenciamentos só foram conquistados devido ao trabalho de qualidade que a unidade oferece aos pacientes e, com a ampliação, vamos oferecer, não só um melhor atendimento à demanda existente, como também possibilitar que mais pessoas possam usufruir desse serviço, com a transferência para o HM dos atendimentos das gestantes que antes eram feitos na UAI Martins”, disse o prefeito Odelmo Leão.

 Ampliação da estrutura

Na parte ampliada do pronto socorro de obstetrícia, as gestantes terão um espaço para deambulação, que é importante para apoio às mulheres em trabalho de parto e integra os recursos adotados pelo hospital na promoção do parto humanizado.

Além disso, há sala de espera para familiares, sala de espera do pronto socorro com 14 poltronas, ala de pré-parto com seis salas, salas de observação em medicado com cinco leitos cada, espera em recepção do banco de leite com 11 poltronas, espera da maternidade com 12 poltronas, quarto de internação, quatro quartos privativos para acompanhar parto, pré-parto e puerpério da paciente e um quarto para pré-parto, três consultórios e também estrutura administrativa, com banheiros e suporte a funcionários e equipamentos.

Prefeitura lança edital para ampliação do Hospital Municipal 1
Foto: Valter de Paula/Secretaria de Governo e Comunicação

Já o ambulatório do HMMDOLC será construído na área externa ao lado das alas de internação e da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Com quase 600 m², o novo setor do HM terá, a princípio, seis consultórios, sala de espera com 45 lugares, sala de espera para controle de acesso com sete lugares, sala de recuperação com cinco leitos, sala de estabilização de pacientes referenciados com três leitos, sala para retirada de gesso, sala de curativo e recepção ampla- além da parte da administrativa, como depósito de utilidades, banheiros para funcionários e pacientes, entre outros.

Mais de 10 anos de história

Inaugurado no dia 15 de novembro de 2010 pelo prefeito Odelmo Leão, o Hospital e Maternidade Municipal Dr. Odelmo Leão Carneiro possui, atualmente, 20 mil metros quadrados de construção em um terreno de 55 mil metros quadrados. O complexo tem 256 leitos, sendo 40 de UTI adulto, 10 de UTI neonatal, e 206 de enfermaria, incluindo a maternidade, que foi inaugurada em maio de 2011.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também

All articles loaded
No more articles to load