Notícias

Prefeitura entrega certificados para participantes do curso de Agente de Turismo Rural

Capacitação foi fomentada pelo programa Novo Agro e buscou aprimorar o desenvolvimento econômico-sustentável de Uberlândia
13 de maio de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Com foco na promoção e no desenvolvimento do turismo rural, a Prefeitura de Uberlândia entregou, nesta sexta-feira (13), pelas mãos do prefeito Odelmo Leão, certificados para produtores e empreendedores rurais que concluíram o curso de Agente de Turismo Rural. A capacitação, que começou em novembro do ano passado e foi encerrada nesta semana, foi realizada pela Secretaria Municipal de Agronegócio, Economia e Inovação em parceria com o Senar Minas e contou com apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e do Sindicato Rural de Uberlândia.

“Hoje é um dia muito feliz, porque por meio de capacitações conseguimos contribuir com o desenvolvimento econômico-sustentável de Uberlândia. Acredito que os empreendedores conseguirão incrementar suas rendas e gerarem novos negócios”, celebrou o prefeito Odelmo Leão. O prefeito também determinou que seja elaborado um plano para apoiar o turismo rural de Uberlândia após a conclusão do curso. “O pós-curso também é importante, por isso precisamos pensar agora em políticas públicas que deem continuidade a esta iniciativa e faça o setor crescer”, completou.

Prefeitura entrega certificados para participantes do curso de Agente de Turismo Rural 1
Valter de Paula – Secom – PMU 

Ao longo do curso, dois instrutores do Senar ministraram 224 horas de aulas teóricas e práticas para 13 alunos. As temáticas abordadas foram: Levantamento das potencialidades e oportunidades turísticas; Produtos e serviços turísticos; Segurança nas atividades turísticas; Condutor de turistas; Roteirização turística; Meios de hospedagem e serviços de alimentação; e Comercialização de produtos e negócios turísticos.

“Possuímos inúmeras riquezas naturais, como belas cachoeiras e paisagens, e entendemos que era preciso explorar novas possibilidades, sobretudo para as pessoas que oferecem esse serviço. Por isso, procuramos qualificar o atendimento e recepção aos nossos visitantes”, analisou a secretária de Agronegócio, Economia e Inovação, Thalita Jorge.

A proprietária do Vale das Árvores foi uma das participantes do curso e ficou visivelmente emocionada ao receber seu certificado. “É emocionante ter concluído o curso e importante a gente perceber o potencial que temos no setor rural de Uberlândia. No dia a dia temos muitos desafios, mas vale a pena a gente incentivar as pessoas a vivenciarem o que nós vivenciamos rotineiramente, disse.

Para o instrutor do Senar Minas, Fábio Hosken, foi uma satisfação poder ministrar o curso. “A região de Uberlândia é linda e precisa ser descoberta por mais pessoas. Já tínhamos empreendedorismo, porém pouco explorado. Agora temos uma visão mais completa do potencial turístico”, afirmou.

Portal da Prefeitura destaca turismo rural

As pessoas interessadas no turismo rural de Uberlândia podem ter informações no Portal da Prefeitura. É só clicar no ícone “Turista” e depois em “Turismo Rural”. A página oferece informações sobre diversos estabelecimentos rurais voltados para o turismo.

Novo Agro

O fomento ao turismo na área rural do município faz parte do planejamento e das ações do Programa de Desenvolvimento de Novos Negócios Rurais – Novo Agro. A partir dos resultados apresentados pelo curso de Agente de Turismo Rural, novas atividades e capacitações serão estruturadas pensando na otimização dos serviços do setor.

O Novo Agro tem como objetivo principal, potencializar negócios rurais já existentes e implantar novos empreendimentos rurais, gerando emprego, renda e melhoria da qualidade de vida da população rural. As ações desenvolvidas são focadas na produção e a comercialização de negócios rurais nas áreas de agricultura de pequeno porte, agroindústrias de pequeno porte, avicultura caipira, agroecologia, aquicultura, turismo rural e gastronomia de identidade local.

Na prática, o Novo Agro cria condições para que os pequenos produtores tenham acesso a recursos produtivos e insumos, conhecimento, serviços financeiros, mercados e oportunidades de agregação de valor.  O programa viabiliza também sistemas sustentáveis de produção de alimentos, implanta práticas agrícolas e aquicultura resiliente, promove cursos e treinamentos para capacitar os servidores municipais ligados à área rural e os produtores, estimula o resgate cultural, a preservação da identidade gastronômica e do patrimônio histórico e natural e o consumo dos produtos e serviços locais.

Instituído pela Lei nº 12.996/2018, o programa é realizado pela Secretaria Municipal de Agronegócio, Economia e Inovação.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também