Notícias

Prefeitura realiza nova edição do Curso de Aquaponia

Aulas aconteceram na Ferub, ao longo desta sexta-feira (3), com a participação de cerca de 30 pessoas
3 de junho de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Visando estimular a criação sustentável de peixes, em paralelo ao cultivo de vegetais, sem a utilização de produtos químicos, a Prefeitura de Uberlândia, por meio da Fundação de Excelência Rural de Uberlândia (Ferub), ofereceu, nesta sexta-feira (3), a 13ª edição do Curso de Aquaponia. A capacitação, que contou com a participação de cerca de 30 inscritos, proporcionou aulas teórica e prática. O conteúdo foi ministrado pelo técnico em aquicultura, Rodolfo Fontana, da Secretaria Municipal de Agronegócio, Economia e Inovação, e supervisionado pela Ferub.

“É um curso de participação aberta que vale pra qualquer pessoa, não somente para produtores rurais. É um sistema que dispende de um investimento inicial, mas que também pode ser montado com materiais reaproveitados, como caixas da água e canos PVC”, explicou o engenheiro agrônomo da Ferub, Mayer Andrade.

Entre os benefícios da aquaponia, está a facilidade de implantação do sistema, que pode ser utilizado tanto para a subsistência de pequenos produtores da agricultura familiar, quanto para a produção em escala comercial. No caso do plantio da alface, por exemplo, com a adesão da aquaponia, o prazo de colheita é reduzido em, aproximadamente, 10 dias, se comparado ao plantio tradicional, feito diretamente no solo.

Prefeitura realiza nova edição do Curso de Aquaponia 1
Foto: Danilo Henriques – Secretaria de Governo e Comunicação / PMU

“Foi um curso muito proveitoso, por ser sustentável e de baixo orçamento, além de não agredir o meio ambiente. Pretendo utilizá-lo, por ser prático e ocupar pouco espaço. O que for possível cultivar, pretendo produzir. Achei uma iniciativa muito boa da Prefeitura de Uberlândia, já que possibilita um conhecimento a mais, além de novas alternativas na produção de alimentos, isso sem falar da criação de peixes”, relatou o produtor rural Rafael Flávio.

Sistema de Aquaponia

O processo da Aquaponia acontece assim: dentro de uma caixa d’água são colocados peixes, da espécie tilápia. A água desta caixa, que fica suja e com dejetos, é transferida para um decantador, dele, ela parte para um filtro biológico, posteriormente sendo levada para outro compartimento. Nesta etapa, ocorre, ainda com a presença de um filtro biológico, utiliza-se uma bomba d’água, argila expandida e microorganismos que agem e purificam os resíduos. Em seguida, a água é bombeada para câmaras e tubos de cultivo, irrigando, por indução, os vegetais plantados. Por fim, a água retorna limpa e apropriada à caixa dos peixes, onde o ciclo é retomado.

Prefeitura realiza nova edição do Curso de Aquaponia 2
Foto: Danilo Henriques – Secretaria de Governo e Comunicação / PMU
Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também