Notícias

Prefeitura realiza nova edição do Curso de Aquaponia

Aulas aconteceram na Ferub, ao longo desta sexta-feira (3), com a participação de cerca de 30 pessoas
3 de junho de 2022

Visando estimular a criação sustentável de peixes, em paralelo ao cultivo de vegetais, sem a utilização de produtos químicos, a Prefeitura de Uberlândia, por meio da Fundação de Excelência Rural de Uberlândia (Ferub), ofereceu, nesta sexta-feira (3), a 13ª edição do Curso de Aquaponia. A capacitação, que contou com a participação de cerca de 30 inscritos, proporcionou aulas teórica e prática. O conteúdo foi ministrado pelo técnico em aquicultura, Rodolfo Fontana, da Secretaria Municipal de Agronegócio, Economia e Inovação, e supervisionado pela Ferub.

“É um curso de participação aberta que vale pra qualquer pessoa, não somente para produtores rurais. É um sistema que dispende de um investimento inicial, mas que também pode ser montado com materiais reaproveitados, como caixas da água e canos PVC”, explicou o engenheiro agrônomo da Ferub, Mayer Andrade.

Entre os benefícios da aquaponia, está a facilidade de implantação do sistema, que pode ser utilizado tanto para a subsistência de pequenos produtores da agricultura familiar, quanto para a produção em escala comercial. No caso do plantio da alface, por exemplo, com a adesão da aquaponia, o prazo de colheita é reduzido em, aproximadamente, 10 dias, se comparado ao plantio tradicional, feito diretamente no solo.

Foto: Danilo Henriques – Secretaria de Governo e Comunicação / PMU

“Foi um curso muito proveitoso, por ser sustentável e de baixo orçamento, além de não agredir o meio ambiente. Pretendo utilizá-lo, por ser prático e ocupar pouco espaço. O que for possível cultivar, pretendo produzir. Achei uma iniciativa muito boa da Prefeitura de Uberlândia, já que possibilita um conhecimento a mais, além de novas alternativas na produção de alimentos, isso sem falar da criação de peixes”, relatou o produtor rural Rafael Flávio.

Sistema de Aquaponia

O processo da Aquaponia acontece assim: dentro de uma caixa d’água são colocados peixes, da espécie tilápia. A água desta caixa, que fica suja e com dejetos, é transferida para um decantador, dele, ela parte para um filtro biológico, posteriormente sendo levada para outro compartimento. Nesta etapa, ocorre, ainda com a presença de um filtro biológico, utiliza-se uma bomba d’água, argila expandida e microorganismos que agem e purificam os resíduos. Em seguida, a água é bombeada para câmaras e tubos de cultivo, irrigando, por indução, os vegetais plantados. Por fim, a água retorna limpa e apropriada à caixa dos peixes, onde o ciclo é retomado.

Foto: Danilo Henriques – Secretaria de Governo e Comunicação / PMU

Veja Também

Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Se clicar em "Rejeitar Cookies", os cookies que não forem estritamente necessários serão desativados. Para escolher quais quer autorizar, clique em "Gerenciar cookies". Saiba mais em nossa Declaração de Cookies.

Configurações avançadas de cookies

Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies.

Cookies estritamente necessários

Esses cookies permitem funcionalidades essenciais, tais como segurança, verificação de identidade e gestão de rede. Esses cookies não podem ser desativados em nossos sistemas. Embora sejam necessários, você pode bloquear esses cookies diretamente no seu navegador, mas isso pode comprometer sua experiência e prejudicar o funcionamento do site.

Cookies de terceiros

O portal uberlandia.mg.gov.br não tem controle sobre quais cookies de terceiros serão ativados. Alguns cookies de terceiros que podem ser encontrados ao acessar o portal:
Domínios: Google, Youtube, consulte mais em