Notícias

Campanhas de vacinação contra Influenza e Sarampo terminam nesta sexta-feira

Cobertura das duas vacinas segue abaixo do esperado; após fim da campanha, vacina da gripe será liberada para população
23 de junho de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O público-alvo que deve tomar as vacinas contra a gripe e o sarampo têm até sexta-feira (24) para comparecer nas salas de vacina do município para garantir as doses. O objetivo da Secretaria Municipal de Saúde é vacinar 90% do público-alvo contra Influenza e 95% contra o sarampo. No entanto, após mais de dois meses de campanha, a cobertura segue abaixo do esperado.

Em relação à cobertura contra o sarampo, a média de cobertura dos públicos é de apenas 29%. São 34.100 mil crianças e 13.400 profissionais de saúde sem a proteção contra o vírus. A mesma situação acontece com a imunização contra a Influenza.

Das 83.100 doses aplicadas, apenas 23% das crianças, 39% dos profissionais de saúde, 46% dos idosos e 32% dos profissionais da educação estão vacinados. Destes, os que mais chamam a atenção são os integrantes dos grupos vulneráveis: idosos e crianças. São 55.500 idosos e 37.100 crianças que não comparecerem nos postos de saúde.

A coordenadora do Programa de Imunização, Claubia de Oliveira, destaca que essa semana é a última para estas pessoas, pois, a partir do dia 27 de junho, municípios poderão ampliar a campanha contra a gripe para toda a população a partir de 6 meses, enquanto durarem os estoques.

“A vacinação contra estes vírus é extremamente importante. São doenças que podem levar ao óbito. Se há proteção para este público, é porque são mais suscetíveis à complicação destas doenças. Esta semana é a última chance, pois depois será aberta para a população. E sabemos que, assim como nos outros anos, as doses se esgotam rapidamente”.  

Quem pode vacinar A vacina da gripe contempla idosos (pessoas com 60 anos ou mais), trabalhadores da saúde, crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas, povos indígenas, professores, pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento e forças armadas, caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso e trabalhadores portuários.

Já a vacina contra o sarampo contempla: crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias) e trabalhadores da área da saúde.

Locais de vacinação

Em Uberlândia, a vacinação ocorre em todas as salas de vacinação do Município. Nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) será das 8h às 18h. Já nas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs) será das 7h30 às 16h30. Nas salas de vacina das Unidades de Atendimento Integrados (UAIs) o atendimento acontecerá das 8h às 20h, exceto as UAIs São Jorge e Morumbi. Para atender melhor os trabalhadores, haverá horário estendido das 8h às 20h também nas UBSs Brasil e Tocantins.

Vacina contra a Covid-19

As vacinas Covid-19 poderão ser administradas de maneira simultânea ou com qualquer intervalo com as demais vacinas do Calendário Nacional de Vacinação, na população a partir de 12 anos de idade. No entanto, é importante que seja priorizada a administração da vacina Covid-19, para as crianças de cinco a 11 anos de idade contempladas nos grupos prioritários para a influenza. Nestas situações, deve-se agendar a vacina influenza, respeitando o intervalo mínimo de 15 dias entre as vacinas.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também