Notícias

Exportações de Uberlândia têm recorde histórico no 1º semestre de 2022

Saldo da balança também foi o melhor desde o início da série histórica, em 1997, conforme a Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia
6 de julho de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O período de janeiro e junho deste ano foi o melhor 1º semestre para as exportações de Uberlândia desde 1997, quando teve início a série histórica da balança comercial. Segundo informações da Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, as vendas da cidade para o exterior somaram US$ 749,89 milhões. O resultado ainda foi 44,23% superior ao desempenho nos primeiros seis meses de 2021.

A soja puxou as compras feitas por outros países e respondeu por 82% das exportações uberlandenses nos últimos seis meses. Derivados da extração de soja (4,8%), óleo de soja (3,3%), derivados do tabaco (2,3%), couro (2,4%) e milho (1,9%) também se destacaram.

“Essa é a força da economia de Uberlândia, especialmente no que diz respeito à cadeia produtiva do agronegócio. Por isso é muito importante que continuemos no caminho da inovação e da expansão logística”, disse o prefeito Odelmo Leão, cuja gestão é marcada por investimento em ações estruturantes, que estimulem o mercado local, a qualidade de vida da população e o apoio a novas fontes de negócios para a cidade, como é o caso dos remineralizadores de solo e das empresas de base tecnológica.     

Uberlândia também teve recorde histórico no saldo da balança comercial. De janeiro a junho de 2022, Uberlândia importou US$ 138,15 milhões. Dessa forma, o saldo ficou em US$ 611,74 milhões- o maior desde 1997. China, Tailândia, Irã, Vietnã, Polônia, Dinamarca, Japão e Colômbia foram alguns dos parceiros comerciais para quem o município exportou no período.

Saiba mais em http://comexstat.mdic.gov.br/pt/comex-vis

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também