Notícias

Dmae segue com melhorias no saneamento que destacam Uberlândia no âmbito nacional

Autarquia ampliou a telemetria e automação nos reservatórios e estações elevatórias, substituiu adutoras e trabalha na implantação de uma nova rede coletora de esgoto
12 de julho de 2022

Neste primeiro semestre de 2022, o Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) realizou diversas melhorias dentro dos cinco pilares do saneamento básico que colocam a cidade de Uberlândia como referência nacional neste setor.

As ações vão desde substituição de adutoras de água tratada, execução de poço artesiano e novas Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) nos distritos, ampliação da telemetria e automação nos reservatórios e estações elevatórias, plantio de mudas nativas em áreas de nascentes, mutirão de limpeza e ações de educação ambiental nas escolas e instituições.

O diretor geral do Dmae, Adicionaldo Cardoso dos Reis, destacou que ações como a substituição de trecho da adutora da avenida Rondon Pacheco, o reforço dos novos caminhões de hidrojateamento e a ampliação da rede coletora de esgoto no bairro Morumbi, são exemplos de iniciativas em que a autarquia atende a demanda atual e futura neste segmento. “Além de prestarmos um excelente serviço no saneamento, nos antecipamos às necessidades da cidade, o que faz com que o Dmae seja uma referência nesse setor para outras cidades do país”, afirmou.

Vale lembrar que em março deste ano, Uberlândia alcançou a segunda colocação nacional no ranking do Instituto Trata Brasil, referente a tratamento de água e esgoto do país. A cidade também ocupa o primeiro lugar em Minas Gerais há mais de 10 anos no ranking.

Dmae segue com melhorias no saneamento que destacam Uberlândia no âmbito nacional 1
Confira algumas das ações realizadas de janeiro a junho em 2022

 Nova Pintura da área externa cobrindo uma área de 2,5 mil metros quadrados da Estação de Tratamento de Água Bom Jardim, que ganhou também nova Identidade Visual. 

— Instalação de trecho de 500 metros de adutora entre os bairros Mansour e Luizote de Freitas. A nova tubulação com 570 mm de diâmetro substituiu a antiga que apresentava pontos de corrosão.

— Instalação de 16 novos Pontos de Controle de Qualidade da Água e reforma de quatro.

— Instalação de automação e telemetria em 13 estações elevatórias de esgoto e nos reservatórios de água. Ao todo 39 unidades já contam com o no vo sistema. Serviço também está sendo implementado na ETA Bom Jardim.

— Instalação de uma nova adutora de água tratada na avenida Rondon Pacheco com extensão de 1,2 mil metros e 570 mm de diâmetro, que substituiu a antiga por apresentar pontos de desgaste e corrosão.

— Execução de um poço artesiano com 250 metros de profundidade no Distrito do Cruzeiro dos Peixotos. Ampliando a produção de água no distrito para 12 metros cúbicos por hora.

— Reforço de cinco novos caminhões de hidrojateamento nos serviços de manutenção de rede de esgoto com tanque de 20 mil litros, potência de 250 a 330cv e mangote de sucção e lança articulada.

— Instalação de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) compacta tipo modular no distrito de Martinésia, com capacidade para atender 800 habitantes.

— Execução de uma nova rede coletora de esgoto com 3.100 metros de extensão e 300 mm, que vai interligar a elevatória do bairro Morumbi ao emissário de esgoto, na marginal da BR365, Km622.

— Implantação da coleta seletiva em nove escolas e 10 organizações não governamentais.

— Homenagem especial a 26 profissionais que trabalham com reciclagem e coleta seletiva em razão do Dia Internacional da Reciclagem.

— Implantação da coleta seletiva no Procon Uberlândia e no Centro Municipal de Cultura.

–Execução de um dreno no Parque do Sabiá na entrada do Santa Mônica, com 60 metros de extensão e 250 mm de diâmetro, para canalizar a água da mina até a lagoa do parque.

— Manutenção em 127 bocas de lobo, consistindo na desobstrução, retirada de entulhos e eliminação de criadouros do Aedes Aegypti, em parceria com o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). 

— Plantio de 40 mil mudas nativas do cerrado dentro do Programa Buriti.

— Iniciativa visa a recuperação de 40 hectares em Área de Preservação Permanente (APP) de 11 propriedades às margens dos rios Araguari e Ribeirão Bom Jardim.

— Plantio de 10,6 mil mudas e execução de 3 mil metros e cerca nas áreas de nascentes e mata ciliares dos rios Araguari, Uberabinha e Ribeirão Bom Jardim. Ação em parceria com a Associação da Bacia Hidrográfica do Araguari (Abha Gestão de Águas).

— Plantio de 450 mudas e ampliação da área de preservação em 5 mil metros quadrados no sítio Recanto das Águas. Ação é resultado de uma parceria especial entre o Programa Buriti e a Confederação Nacional das Cooperativas Médicas (Unimed). 

— Mutirão de limpeza do Parque Linear do Lagoinha, incluindo a troca de óleo de cozinha e recicláveis por brindes. Ação conjunta do Dmae através do Programa Escola Água Cidadã (Peac) e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos.

— Substituição de 16 mil hidrômetros em atendimento à portaria do Inmetro. 

— Tarifa social que conta com 2.137 famílias cadastradas. Benefício oferecido em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação (Sedesth).

— Ampliação de 10 para 15 cabines da plataforma de atendimento ao público na sede do Dmae. O espaço conta também com dois guichês exclusivos para atendimento preferencial e dois para solicitação de ligação nova de água.

— Refim Extra Dmae, programa de negociação de débitos em atraso que oferece desconto de até 100% sobre juros e multas e condições de parcelamento de até 36 vezes. 

— Apresentação oficial dos novos veículos que vão reforçar o atendimento da autarquia nos serviços de manutenção nas redes de água e esgoto. O incremento na frota conta com 40 motocicletas, 4 caminhões basculantes, 3 caminhões ¾, 5 retroescavadeiras e 1 caminhão com guindaste hidráulico.

Veja Também