Notícias

Prefeitura de Uberlândia informa sobre estoque de medicamentos

18 de julho de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A Prefeitura de Uberlândia informa que já identificou, na rede municipal de Saúde, impacto advindo da dificuldade da indústria farmacêutica nacional em manter o fluxo de produção de medicamentos diante da escassa oferta de matéria prima importada da China e outros países asiáticos. Registros da Secretaria Municipal de Saúde apontam a falta no estoque de quatro remédios disponibilizados e utilizados nas unidades. Outros cinco fármacos, ainda que não haja desabastecimento, também contam com irregularidades nos prazos de entregas, conforme comunicado ao Município pelos fornecedores.

Neste contexto, a Secretaria Municipal de Saúde reforça que tem manejado para que ocorra a prescrição de medicamentos semelhantes disponíveis, bem como mantém contato permanente com os parceiros fornecedores, a fim de garantir que a instabilidade na produção nacional não venha a afetar o atendimento à população.

Medicamentos sem estoque:

1-            GLICLAZIDA 60 MG COMPRIMIDO (antidiabético)
2-            AMOXICILINA + CLAVULANATO DE POTASSIO 50 MG + 12,5 MG/ML (antibiótico)
3-            SALBUTAMOL SULFATO 100 MCG/DOSE AEROSSOL (broncodilatador)
4-            PREDNISOLONA FOSFATO SODICO 3 MG/ML SOL. ORAL (corticoide)

Medicamento com prazo de entrega irregular, conforme comunicação de fornecedores:

1-            GLICLAZIDA 30 MG COMPRIMIDO (antidiabético)
2-            BENZILPENICILINA BENZATINA F/A 1200.000 UI PO P/ INJ. (antibiótico)
3-            CLONAZEPAM SOLUÇAO 2,5 MG/ML FR 20 ML SOL. ORAL (ansiolítico)
4-            FUROSEMIDA 40 MG COMPRIMIDO (diurético)
5-            DIPIRONA SÓDICA 500 MG COMPRIMIDO (antitérmico)

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também