Notícias

Projeto Frutas Sazonais oferece mais opções de alimento na merenda escolar

Em agosto, o melão e a melancia são as novidades nos cardápios oferecidos nas escolas municipais de Uberlândia
3 de agosto de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Araípedes Luz / Secretaria de Governo e Comunicação / PMU

O Projeto Frutas Sazonais, da Prefeitura de Uberlândia, disponibiliza alimentos da estação na merenda escolar. E neste mês, começou a ser oferecido aos alunos das 124 escolas do sistema municipal de educação o melão e a melancia. As frutas contribuem para deixar a merenda ainda mais nutritiva.

Para esta estação, foram adquiridos 187.680 kg de banana para serem entregues de fevereiro a dezembro, 46.920kg de abacaxi e 23.460kg de laranja de agosto a dezembro, 2.055kg de melão por entrega e 6.258kg de melancia. Para toda a rede, fundamental e infantil, serão oferecidos banana, laranja, abacaxi e melancia e o melão será ofertado apenas ao infantil, que necessita de uma quantidade maior de hortifrúti.

Projeto Frutas Sazonais

Para viabilizar o projeto Frutas Sazonais, do Programa Municipal de Alimentação Escolar (Pmae), é averiguada a tabela de disponibilidade dos itens no mercado e é elaborado um plano de fornecimento, respeitando a sazonalidade dos produtos. Após isso, a administração pública monta uma Chamada Pública no ano anterior a execução.

Segundo a resolução N°6 de 8 de maio de 2020 do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do total dos recursos financeiros repassados pelo FNDE no âmbito do PNAE, no mínimo 30% (trinta por cento) deve ser utilizado na aquisição de gêneros alimentícios diretamente da Agricultura Familiar e do Empreendedor Familiar Rural ou suas organizações, priorizando os assentamentos da reforma agrária, as comunidades tradicionais indígenas e comunidades quilombolas). 

“Nós fizemos um trabalho junto à Secretaria Municipal de Agronegócio, Economia e Inovação onde, por meio de capacitações e uma proximidade com os produtores rurais, nós conseguimos superar o exigido pelo FNDE. Hoje, 34% da merenda escolar é fornecido pela agricultura familiar, o que significa uma alimentação nutritiva para os nossos estudantes”, conta a coordenadora do PMAE, Tânia Martinelli.

Merenda nutritiva

Os cuidados com a merenda escolar fazem parte da rotina do governo municipal. Para garantir lanches adequados aos seus alunos, o Pmae conta com uma equipe de nutricionistas que desenvolve cinco tipos de cardápios. As refeições variam de acordo com a faixa etária dos alunos e o período que eles permanecem nas escolas (manhã, tarde ou integral). Além disso, as escolas também são preparadas para atender alunos com diferentes características nutricionais, como intolerância à lactose, diabetes e hipertensão.

Por meio do projeto, a administração pública já levou, neste ano, o abacate, maracujá, mexerica, mamão e maçã para as cantinas escolares, deixando as refeições ainda melhores, mais diversificadas e saborosas. Durante todo o ano, outras frutas fazem parte do cardápio permanente, como bananas, mamões e laranjas, produzidos por meio da Agricultura Familiar.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também