Notícias

Oficina gratuita de Braille começa nesta terça (9) no Centro Municipal de Cultura

Aulas acontecem às terças e quintas-feiras, das 13h30 às 15h30, na Biblioteca Municipal Juscelino Kubitschek; vagas são limitadas e inscrições continuam abertas
9 de agosto de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A tarde desta terça-feira (9) começou abrindo novas opções para as pessoas com deficiência visual. A Oficina de Braille, promovida pela Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, leva mais uma forma de comunicação através da escrita tátil para aqueles com nenhuma ou baixa visão. As aulas, que iniciaram hoje, acontecerão todas às terças e quintas-feiras, das 13h30 às 15h30, na Biblioteca Municipal Juscelino Kubitschek, localizada no Centro Municipal de Cultura (antigo Fórum).

A oficina, que é gratuita, está sendo ministrada pela pedagoga Fernanda de Oliveira Machado. A educadora, que nasceu sem qualquer percentual de visão, aprendeu a ler, a escrever e a “enxergar nitidamente” pelas mãos, e hoje repassa o conhecimento aos que precisam e querem aprender o sistema Braille. “Para mim, é uma honra ensinar o Braille para as pessoas que tenham qualquer grau de deficiência visual, e até para aqueles que querem aprender para expandir o conhecimento sobre esta comunicação tão importante. Nesta primeira aula, estou ensinando o alfabeto até a letra J e, daqui, vamos evoluindo a cada semana”, pontuou a pedagoga.

Oficina gratuita de Braille começa nesta terça (9) no Centro Municipal de Cultura 1
Foto: Danilo Henriques – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU

  

Com as ferramentas do método Braille (prancheta, regletes e punção) em mãos, a aluna Romilda Rocha começou a conhecer o novo universo. “Tenho uma doença ocular degenerativa. Perdi a visão de um olho e tenho relativa visão do outro. Quando soube desta oficina de Braille oferecida pela Prefeitura, logo me inscrevi, porque além de ser monocular, eu vou ter um conhecimento para a vida toda. É muito boa a aula e se alguém tem curiosidade e vontade de aprender, venha para as aulas também”, finalizou Romilda.

Embora a oficina de Braille tenha começado, as inscrições seguem abertas até 31 de agosto. As vagas são limitadas e o interessado pode realizar a inscrição pelo telefone (34) 3234-1600, ou presencialmente, na sede da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.


Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também