Notícias

Uberlândia participa da Pesquisa Nacional SB Brasil que avalia as condições da saúde bucal

Servidores da rede municipal de Saúde aplicam o projeto implantado pela Ministério da Saúde nos bairros Granada e Morumbi
22 de agosto de 2022
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A segunda-feira (22) começou com visitas das equipes da Rede de Atenção à Saúde Bucal de Uberlândia às casas de vários moradores dos bairros Granada e Morumbi. Os servidores municipais deram seguimento às ações, que fazem parte da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal – SB Brasil 2020. O projeto faz parte da Política Nacional de Saúde Bucal (PNSB), mais conhecida como Brasil Sorridente, e identifica a realidade das condições de saúde bucal da população brasileira.  

Uberlândia participa da Pesquisa Nacional SB Brasil que avalia as condições da saúde bucal 1
Foto: Araípedes Luz – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU

A cidade de Uberlândia participa dos estudos a fim de contribuir com a pesquisa nacional sobre o perfil epidemiológico e também para com a saúde bucal da comunidade. O levantamento está acontecendo nos bairros Granada e Morumbi, com moradores de 5 e 12 anos, além de grupos etários de 15 a 19 anos, 35 a 44 anos e 65 a 74 anos. 

Para a odontóloga, Leiriane Alves, que atua na rede municipal de Saúde com visitas, o SB Brasil é primordial para o melhor direcionamento das políticas públicas. “Depois de uma seleção, nós vamos em domicilio e avaliamos a saúde bucal dos moradores, realizamos o questionário socioeconômico e damos todas as orientações. Esse levantamento é de extrema importância, porque mapeia os agravos bucais, monta uma base de dados que vai nortear e contribuir para o avanço de estratégias de avaliação e planejamento de políticas públicas de saúde bucal da população”, pontuou a servidora.  

O estudo visa identificar doenças mais prevalentes, como cárie dentária, doenças periodontais, necessidade de próteses dentárias, condições de oclusão, traumatismo dentário e o impacto dessas doenças na qualidade de vida, entre outros aspectos e fomentar políticas públicas direcionados à saúde bucal da população.

João Gabriel, filho da cabeleireira Cristina de Fátima, foi um dos participantes da pesquisa. “Eu, como mãe, fiquei muito satisfeita, porque, além de ajudar na pesquisa nacional, os profissionais de saúde realizaram o diagnóstico da saúde bucal do meu filho. Acho importante esta ação, porque mostra como está a higienização bucal da nossa população”, pontuou a moradora do bairro Granada.  

A Prefeitura de Uberlândia ressalta que os profissionais que realizam a pesquisa estão devidamente uniformizados e portando crachá de identificação. Em caso de dúvidas, basta entrar em contato com as unidades de saúde dos bairros participantes da pesquisa (confira endereços clicando aqui).

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também